Menu
SADER_FULL
segunda, 21 de maio de 2018
RIO_DOURADOS
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Puccinelli ainda quer Murilo para simular pacto com Dourados

10 Jun 2010 - 09h54Por Mídia Max

Depois da polêmica causada na política estadual por causa das declarações em insinuavam desprezo à candidatura do vice-governador Murilo Zauith (DEM) ao Senado, o governador André Puccinelli (PMDB) inventou de “última hora” uma agenda oficial  e estará em Dourados na manhã desta quinta-feira (10). Na tentativa de simular um pacto com a Grande Dourados, Puccinelli diz que ainda quer Murilo ao seu lado.

O sonho do governador é aparar as arestas e resgatar o democrata. A missão de André na sua rápida visita a Dourados seria“contemplar” a região Sul na chapa majoritária. Pode ser um sonho como foi sonho Dourados “sonhar” com a candidatura de Murilo.

Mas este projeto de Puccinelli se esbarra na rejeição que a população de Dourados passou a nutrir pela dobradinha “André ao Governo e Murilo ao Senado”.

A esta altura do “campeonato eleitoral”para os douradenses o nome de Murilo Zauith não representa mais a vontade não só da população de Dourados como de todo o Sul do Estado que acalentava o sonho de chegar ao Senado através da candidatura do vice-governador.

Puccinelli viu que falou “água” em Três Lagoas onde disse que um senador já era do PMDB e outro do PT e “não tinha para mais ninguém”. Esta declaração caiu como uma bomba e teve efeito destruidor.

Os estragos apareceram de imediato: o vice-prefeito de Campo Grande Edil Albuquerque, que seria o suplente de Murilo, rompeu publicamente com o governador alegando que “não posso admitir que me usem”. Em seguida foi a vez de Murilo falar “grosso” e dizer que estava de fora da disputa.

Nos bastidores políticos a informação corrente é que Puccinelli quer mitigar a confusão gerada com sua declaração ao Correio do Estado e para apaziguar a sua já conturbada relação política com Murilo traria debaixo do braço uma “proposta irrecusável” para o vice-governador.

A agenda que André “inventou” para Dourados justamente no dia em que o presidenciável José Serra (PSDB) estará em Campo Grande, começa as 08h no Ginásio Municipal de Esportes Ulysses Guimarães a pretexto de “anunciar verba para asfalto”.

Puccinelli deve desembarcar no Aeroporto Francisco de Mattos Pereira antes da sete da manhã correria direto para a casa de Murilo para cumprir o que seria o verdadeiro motivo de sua “agenda repentina a Dourados: ouvir, falar e oferecer alguma coisa para o vice-governador. Depois desta possível conversa, André iria para o Ginásio de Esportes para se encontrar com prefeito Ari Artuzi (PDT).

A assessoria do vice-governador Murilo afirmou que ele vai apenas cumprir a “agenda protocolar” e desmentiu o possível encontro “secreto” com Puccinelli.

Já a assessoria de comunicação do prefeito Artuzi emitiu nota informando que o governador assinará ordens de serviço para a execução de obras de recapeamento de vias urbanas, construção da quadra coberta da Patrulha Mirim e a construção da segunda etapa da Vila Olímpica Indígena da Aldeia Jaguapiru.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FÁTIMA DO SUL - PARALISAÇÃO NACIONAL
Caminhoneiros prometem fechar rodovia nesta segunda-feira das 07h às 18h em Fátima do Sul
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Luzia descobre armação de Karola contra ela
EMOCIONANTE
Alunos arrecadam dinheiro para professor cearense que não recebe salário há mais de 2 meses
TRAIÇÃO
Jovem desabafa sobre traição de mãe com marido: "Fui largada para morrer na UTI"
FATALIDADE
Aluno de 12 anos morre após ser atingido por trave de gol
HEROI
‘Perdeu tiozão”: guarda municipal impede assalto a loja e troca tiros com suspeitos
AMIGO DO HOMEM
Cão de Kid Vinil morre dias antes de completar um ano da morte do cantor
QUADRILHA
Site falso engana interessados em tirar carteira de motorista de graça
RECEPTAÇÃO - CORPO RECONHECIDO
Jovem que aparece em vídeo sendo executada é reconhecida pela família
NOVELA GLOBAL
Maura, papel de Nanda Costa em 'Segundo sol', se envolve com outra mulher