Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 22 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

PSDB reforça bases eleitorais com filiação de Donato Lopes

28 Jul 2007 - 05h33

Depois da filiação dos prefeitos de Jateí, Eraldo Jorge Leite, e de Figueirão, Ildo Furtado, o PSDB prepara um grande ato político para receber a adesão de Donato Lopes, de Rio Brilhante, que deixará o PTB.

Durante o ato de filiação, marcado para o próximo dia 5 do mês que vem, a cúpula regional tucana deverá anunciar o ingresso de novas lideranças locais e da região, entre as quais, seguidores do prefeito.

Com a adesão de Donato Lopes, o PSDB passará a contar em seus quadros com nove prefeitos, incluindo Manoel Martins (Deodápolis), Evandro Bazzo (Jardim), Dirceu Bettoni (Paranhos), Flávio Kayatt (Ponta Porã), Nelson Cintra (Porto Murtinho) e Joaquim dos Santos (Ribas do Rio Pardo).

Essa mobilização, conforme a executiva regional,  faz parte do projeto do partido de ampliar suas bases eleitorais a fim de se fortalecer visando às eleições municipais do ano que vem.

O PSDB deseja lançar candidato a prefeito na maioria dos municípios de Mato Grosso do Sul e, se possível, em Campo Grande, obedecendo a uma resolução do diretório nacional que aconselha os comandos estaduais a disputar o cargo em cidades de médio e grande porte em todo o País. 

Dentro das articulações em torno do próximo pleito, o comando partidário estabeleceu um calendário de filiação de lideranças em vários municípios, a ser cumprido até o mês de setembro – data-limite de filiação para quem deseja postular cargos eletivos em 2008.

O plano político de fortalecimento, arquitetado pela cúpula tucana – liderada pelo deputado federal Waldir Neves (presidente), pela senadora Marisa Serrano e pelo deputado estadual Reinaldo Azambuja (secretário-geral), passa por Dourados, onde o grupo também avalia a possibilidade de lançar candidato próprio.

Além de Reinaldo Azambuja, o PSDB conta com outros três representantes na Assembléia Legislativa – Dione Hashioka, Professor Rinaldo e Márcio Fernandes.

Apesar de aliados ao governo do PMDB, liderado pelo governador André Puccinelli,  os tucanos têm plano de eleger o maior número de prefeitos e vereadores nas próximas eleições, já de olho nas eleições de 2010, tanto para o governo do Estado quanto para presidente da República.

 

Conjuntura Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho