Menu
SADER_FULL
terça, 20 de novembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

PSDB, PMDB e PDT fazem convenções neste sábado

12 Jun 2010 - 08h13Por G1

Três partidos fazem neste sábado (12) convenções para anunciar os posicionamentos oficiais na campanha presidencial. O PSDB vai oficializar a candidatura de José Serra, o PMDB deve confirmar o nome do deputado Michel Temer como vice de Dilma Rousseff (PT) e o PDT vai anunciar apoio à chapa encabeçaca pelo PT.

A legislação autoriza que os partidos se reúnam para confirmar seus candidatos ou oficializar apoio a outras legendas entre 10 e 30 de junho. A partir da convenção partidária, o pleiteante passa do status de pré-candidato para candidato da legenda. A candidatura se confirma somente após o registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE); o prazo para todas as legendas enviarem o pedido de registro é 5 de julho.

No caso dos apoios, o anúncio formal serve para definição das coligações, que vão determinar o tempo de horário eleitoral gratuito para cada chapa.

PSDB
O PSDB chega ao dia da convenção que oficializa o nome de José Serra sem a definição do vice. Entre os cotados estão os também tucanos Aécio Neves (governador mineiro) e Tasso Jereissati (senador pelo Ceará), além do presidente do PP, o senador Francisco Dornelles.

Para o líder tucano na Câmara dos Deputados, João Almeida (BA), a decisão deve ser tomada em breve e é possível que saia um "nome de fora". Ele não quis dizer, porém, quem seria essa opção.

A convenção acontece em Salvador (BA), entre 9h e 14h deste sábado. Participam da votação que oficializa a candidatura quase mil pessoas, segundo a assessoria de imprensa do partido. Entre os votantes estão delegados indicados pelos diretórios estaduais, integrantes do diretório nacional e congressistas. O governador Aécio Neves confirmou presença.

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso não vai comparecer. Segundo sua assessoria de imprensa, ele está em viagem pela Europa por conta de compromissos acadêmicos e políticos. Entre as atividades está, segundo a assessoria, um encontro com o rei espanhol Juan Carlos, em Madrid.

Almeida diz que FHC "faz falta", mas afirmou que não se pode dar espaço para "especulações". "Isso (a ausência) levantaria suspeita não fosse o Fernando Henrique quem é. Ninguém tem dúvida de que o nosso presidente se empenhará com todas as forças na eleição."

PMDB
A convenção do PMDB será marcada pela atuação de um grupo dissidente, que reivindicou uma candidatura própria, enquanto a direção nacional da legenda havia indicado o nome de Michel Temer para vice de Dilma. Os convencionais agora terão que decidir entre indicar Temer ou optar pela candidatura própria com o ex-governador do Paraná Roberto Requião e Antônio Pedreira, do PMDB do Distrito Federal.

O edital da convocação da convenção do PMDB, que acontece em Brasília entre 9h e 17h, citava apenas a opção de referendar o nome de Temer. Em reunião na tarde de sexta, a Executiva decidiu aceitar o registro das candidaturas de Requião e Pedreira.

Segundo a assessoria do PMDB, serão distribuídas duas cédulas a cada votante. Em uma, haverá o nome do deputado Michel Temer para ser indicado a vice na coligação PT-PMDB. Na outra cédula, a opção da candidatura própria

Segundo a assessoria do PMDB, serão distribuídas duas cédulas a cada votante. Em uma, haverá o nome do deputado Michel Temer para ser indicado a vice na coligação PT-PMDB. Na outra cédula, a opção da candidatura própria. Será preciso escolher entre Requião ou Pedreira.

Terão direito a voto 569 pessoas, entre senadores, deputados, integrantes do diretório nacional e dos diretórios estaduais. Ao todo serão 804 votos, porque alguns têm direito a mais de um voto. Michel Temer, por exemplo, tem três votos: como deputado federal, como membro do conselho do partido e como integrante do diretório nacional. Dilma e Lula devem comparecer na convenção.

PDT
O PDT vai oficializar apoio a candidatura de Dilma. O evento acontece na capital paulista entre 10h e 15h. O presidente Lula e a ex-ministra Dilma confirmaram presença pela manhã.

O diretório paulista da legenda também vai realizar sua convenção estadual no mesmo lugar e data, mas a principal definição, a indicação do vice na chapa do petista Aloizio Mercadante (PT), deve ficar para depois. Segundo o partido, a definição do nome sairá em breve. Um dos nomes cotados era o do deputado estadual Major Olímpio. O impasse deve ser resolvido na reunião da Executiva estadual, um dia antes da convenção do PT paulista, em 24 de junho.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem que matou filho para defender a nora comete suicídio
INJUSTIÇA
Familiares prestam homenagem a laçador de cães que morreu após ser hostilizado
FORAGIDO
Mulher é morta a facadas pelo ex-marido, que não aceitava fim de relacionamento
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Valentina conta a Egídio que Gabriel é filho dele
CRUELDADE
Idosa de 106 anos é assassinada a pauladas no Maranhão
NOVO GOVERNO
Desistência de general para ministério leva crise ao QG de Bolsonaro
ASSASSINATO
Câmeras flagram dupla efetuando mais de 30 tiros contra homem; veja o vídeo
TRISTEZA
Menino de 10 anos comete suicídio após a prisão do pai
MALDADE
Câmera de segurança flagra homem colocando fogo em casinha comunitária para cachorros
FATIMASSULENSES EM UBATUBA (SP)
Fatimassulenses, alunos do Vicente Pallotti fazem curso de biodiversidade marinha em Ubatuba (SP)