Menu
SADER_FULL
quarta, 18 de julho de 2018
PASSARELA
Busca
DR. SHAPE
Brasil

ProUni oferece 47,4 mil bolsas na segunda fase

22 Dez 2004 - 14h20
 

Os candidatos interessados em se inscrever para a segunda etapa de seleção do Programa Universidade para Todos (ProUni) do Ministério da Educação contarão com uma oferta de 47.434 vagas remanescentes da primeira etapa, sendo 23.321 bolsas integrais e 24.113 bolsas parciais para todo o País.


Os estados de São Paulo, Minas Gerais e Bahia são os que mais possuem bolsas remanescentes, oferecendo 12.022, 5.406 e 5.089 bolsas, respectivamente. Os portadores de necessidades especiais pré-selecionados foram 759. Também foram pré-selecionados 20.967 candidatos negros ou indígenas; 569 professores; e 2.984 bolsistas de escolas privadas.


À segunda fase do ProUni poderão concorrer os estudantes que tenham feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2002, 2003 ou 2004, o que representa um público potencial de 2.451.909 estudantes, já excluídos os pré-selecionados na primeira etapa. O período de inscrição para as vagas remanescentes termina no dia 31 de dezembro e o resultado será divulgado pelo Ministério da Educação em 3 de janeiro de 2005.


Aqueles que não foram pré-selecionados na primeira fase também poderão acessar a ficha de inscrição na página eletrônica do programa e refazer as opções entre os cursos e habilitações disponíveis. Na primeira etapa do programa, 244.008 inscritos disputaram 118.078 vagas disponibilizadas por 1.142 instituições de ensino superior filantrópicas e privadas, com ou sem fins lucrativos, em todos os estados e no Distrito Federal. Foram pré-selecionados 64.982 em todo o Brasil. Sendo 48.695 para bolsas integrais e 16.287 para bolsas parciais de 50%.


Critérios – Para concorrer a uma vaga do ProUni o aluno deve comprovar renda per capita de até um salário mínimo e meio por mês, R$ 390,00, em valores de hoje, para concorrer à bolsa integral, e de até três salários mínimos, R$ 780,00, para a bolsa parcial. Além disso, precisa obedecer a um destes critérios: ter cursado todo o ensino médio em escola pública; ter cursado o ensino médio em instituição privada na condição de bolsista; ser portador de necessidade especial; atuar como professor da rede pública de educação básica, no efetivo exercício do magistério, e integrar o quadro permanente da instituição. Esse professor pode se candidatar a uma bolsa em curso de licenciatura ou de pedagogia sem precisar comprovar renda de até três salários mínimos.

 

 

Dourados News

Deixe seu Comentário

Leia Também

TURISMO PELO BRASIL E MUNDO
Indústria de Hotéis aguarda aprovação dos jogos para captar bilhões em produtos turísticos
AGORA EM DOURADOS - MS
UNIPAR EAD com cursos de Educação Física, Letras, Marketing e mais 22 cursos, Confira todos aqui
TRAGEDIA
Acidente chocante em Foz: casal morre na hora em batida
NOVELA GLOBAL
Aliada de Laureta, Rosa se vinga do pai e o humilha no restaurante em ‘Segundo sol’
GRANA
Governo antecipa primeira parcela do 13º de aposentados e pensionistas
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Severo é preso e humilha Roberval
FUTEBOL PELO MUNDO
Real Madrid se recusa a permitir que Vinícius Júnior permaneça no Flamengo até o final de 2018
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Luzia descobre que seu filho com Beto não morreu
CONCURSOS - OPORTUNIDADES
Concurso: 13 órgãos abrem as inscrições para 1,9 mil vagas nesta segunda
FOI SALVAR O MELHOR AMIGO
Jovem morre afogado após pular em rio para tentar salvar cachorro