Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 15 de fevereiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Protótipo de exploração lunar é testado pela Nasa no Arizona

17 Set 2010 - 06h00Por G1
 A Nasa, a agência espacial americana, testou no deserto do Arizona o protótipo Athlete (de All-Terrain Hex-Limbed Extra-Terrestrial Explorer), veículo de exploração lunar – e no futuro, da superfície de Marte – que será usado na movimentação de cargas pesadas.

Por duas semanas, encerradas na quarta-feira (15), a Nasa pôs à prova uma série de equipamentos desenvolvidos pela equipe do programa Desert RATS (de Research and Technology Studies). A maratona, realizada todos os anos, é uma oportunidade para que engenheiros e cientistas verifiquem o desempenho de jipes lunares e outras novas tecnologias.

Outro equipamento que foi testado no deserto foi o Centauro 2, veículo que servirá de base para robôs humanóides como o R2, que segue para a Estação Espacial Internacional em novembro.
O Desert RATS, envolve pessoal de vários centros da Nasa, de universidades e de outras organizações. Seu objetivo é criar sistemas e equipamentos "humano-robóticos" para exploração da Lua, de Marte e até mesmo de asteroides.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário
HORARIO DE VERÃO
Atrase seu relógio! Horário de verão termina neste sábado(16)
CARCERE PRIVADO
Mulher é chicoteada com fio elétrico pelo marido
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Lutador de MMA mata ex de 16 anos, tenta suicídio e morre horas depois em hospital
VIOLENCIA NO RIO
Menina de 11 anos é baleada e morta em Triagem; moradores protestam
DOENÇA GRAVE
Leiliane ganha acompanhamento médico após desastre com Boechat
SOLIDARIEDADE
Jovem faz campanha para pagar cirurgia de cachorro que vive com tumor 'gigante'