Menu
SADER_FULL
sábado, 19 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Protesto muda atendimento das agências do INSS

22 Mai 2007 - 17h46
As agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) devem modificar seu atendimento nesta quarta-feira, 23, em razão do protesto de servidores e movimentos populares marcados para esta data em todo o País.

Para verificar o funcionamento, o segurado pode ligar para o telefone 135. Serviços como requerimento de auxílio-doença, auxílio-maternidade ou agendamento de perícia médica, entre outros, podem ser feitos pelo site do Ministério (www.previdencia.gov.br).

A Superintendência do INSS em São Paulo afirmou que as perícias ou outros serviços que não forem realizados serão remarcados na própria agência para a data mais próxima.

Na opinião de Rita de Cássia Pinto, diretora do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde e Previdência no Estado de São Paulo (Sinsprev), trata-se de uma forma de protestar contra as reformas da previdência e outros pontos da política do governo federal.

De acordo com Rita de Cássia, a princípio o trabalho só será interrompido nesta quarta, mas novas paralisações dos trabalhadores do INSS não estão descartadas.

 

Estadão

Deixe seu Comentário

Leia Também

ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos
LUTO NA MÚSICA
Cantor sertanejo Marciano morre aos 67 anos, vítima de enfarto
CARNAVAL É NO CAMPO BELO RESORT
Carnaval é no Campo Belo Resort, reserve já seu lugar nesse bloco - Confira os pacotes
MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS
DECEPCIONADA
Regina Duarte surpreende e se posiciona contra atitude de Bolsonaro
SATÂNICO
Mulheres são presas acusadas de torturar criança de apenas dois anos que teve rosto desfigurado
INSPIRAÇÃO
Idoso se forma em Direito aos 94 anos, após morte da esposa
POLEMICA
Movimento Gay quer tirar Bíblia de circulação no Brasil, diz Damares