Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 16 de julho de 2019
SADER_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Propaganda eleitoral será feita até aos domingos

30 Jul 2004 - 14h55
O TRE (Tribunal Regional Eleitoral) definiu hoje a propaganda eleitoral gratuita que será transmitida por rádio e TV como inserções, nos horários comerciais das emissoras. Serão 30 minutos diários, inclusive aos domingos, obedecendo à mesma proporção de tempo destinado a cada candidato. As inserções serão feitas apenas para os candidatos à eleição majoritária.

A propaganda será dividida em blocos de audiência. A resolução do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) define os seguintes horários de blocos: 8h e 12h; 12h e 18h; 18h e 21h; 21h e 24h. Esses horários, segundo o juiz Luiz Gonzaga Mendes Marques, da 8ª Zona Eleitoral, são referentes ao horário de Brasília, e poderão ser adaptados ao horário local.

A grade de mídia, definição dos blocos e horários de cada inserção, será definida pela própria Justiça Eleitoral. A definição, segundo o juiz, será feita em ordem inversa da veiculação, isto é, a veiculação será definida do último dia para o primeiro. “Isso evitará que os partidos com menor tempo de inserção fiquem prejudicados”, afirmou o juiz.

 

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGEDIA NA RODOVIA
Morte trágica de três pessoas na PR-082, comove população
BRIGA DE FAMILIA
Pai desfere 15 golpes de facão em filho adolescente
VIOLENCIA DOMESTICA
Pai é morto a marteladas pelo filho um dia antes de aniversário
NÃO QUER QUE ELE USE
Mãe apaga narguilé do filho adolescente e leva chinelada
NOVELA GLOBAL
Régis confessa que está apaixonado de verdade por Maria da Paz em 'A dona do pedaço'
VAQUINHA VIRTUAL
Com dinheiro de vaquinha, morador de rua que ajudou idosa durante temporal no Rio compra casa
DURANTE MISSA
Padre Marcelo Rossi cai do altar após ser empurrado em missa
ASSASSINATO
Prefeito é morto a tiros por vereador após discussão
ATROPELAMENTO FATAL
Freira Franciscana coordenadora de catequese morre atropelada por carro
ASSASSINATO
Homem é morto na frente da filha de 11 anos por causa de dívida