Menu
SADER_FULL
sábado, 23 de fevereiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Promulgada lei que proíbe venda de cigarro a menores em MS

12 Ago 2004 - 18h00
 

Foi publicada no Diário Oficial a promulgação, pelo presidente da Assembléia Legislativa, deputado estadual Londres Machado (MS), da lei que proíbe a venda de cigarro e similares a menores de 18 anos em todo Estado. A matéria é de autoria do deputado estadual Sérgio Assis (PSDB) e visa coibir o acesso ao cigarro e similares a jovens e adolescentes.

“Pesquisas comprovam que o cigarro é a porta de entrada de outros vícios tão danosos quanto o próprio tabagismo. Muitas vezes é na fase da adolescência que o vicio é iniciado, por isso acredito que essa lei será um instrumento eficaz no combate ao vicio do cigarro”, argumentou.

A partir de agora fica proibida a venda de produtos fumígenos, derivados ou não do tabaco, em quaisquer estabelecimentos comerciais, além do comércio ambulante ou informal, a menores de idade. Os estabelecimentos que comercializarem tais produtos terão que estampar cartazes contendo a seguinte inscrição: “Este estabelecimento atende a lei estadual que proíbe a venda de cigarros e similares aos menores de 18 anos de idade.” O descumprimento da lei impõe ao infrator multa de multa de 25 Uferms, que será dobrada em caso de reincidência.

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico
REFORMA DA PREVIDÊNCIA
Aposentadoria é para viver, não para receber só à beira da morte
CHANTAGEM
Ladrões invadem estabelecimentos, obrigam funcionárias a tirarem a roupa, filmam e extorquem vítimas
FORAGIDO
Atirador invade escritório de advocacia e mata duas pessoas
BBB 19
Rízia chora por estar acorrentada: 'Vontade de desistir'