Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 19 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Projeto visa estimular pesquisas tecnológicas em MS

16 Ago 2007 - 13h12
Para estimular pesquisas tecnológicas em Mato Grosso do Sul, o deputado estadual Maurício Picarelli (PMDB), apresentou o projeto de lei que dispõe a concessão de incentivos fiscais a realização de projetos de pesquisas para as indústrias.

A proposta visa deduzir até 3% do valor do ICMS, as indústrias que desenvolverem projetos tecnológicos que visem o aprimoramento industrial, a criação de novas tecnologias, tendo sempre por objetivo a redução de custo e melhoria do produto industrializado no Estado.

"Mato Grosso do Sul está prestes a se tornar um Estado altamente desenvolvido na questão industrial, contudo, não possuímos o domínio das tecnologias necessários para explorar o máximo esta oportunidade de crescimento", explicou Picarelli.

Conforme o parlamentar, o incentivo a criação de novas tecnologias trará um status ao Estado de inovador. "Deixaremos de ser importador de ttecnologia, para sermos exportador de soluções industriais", acrescentou.
 
 
MS Notícias

Deixe seu Comentário

Leia Também

ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos
LUTO NA MÚSICA
Cantor sertanejo Marciano morre aos 67 anos, vítima de enfarto
CARNAVAL É NO CAMPO BELO RESORT
Carnaval é no Campo Belo Resort, reserve já seu lugar nesse bloco - Confira os pacotes
MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS
DECEPCIONADA
Regina Duarte surpreende e se posiciona contra atitude de Bolsonaro
SATÂNICO
Mulheres são presas acusadas de torturar criança de apenas dois anos que teve rosto desfigurado
INSPIRAÇÃO
Idoso se forma em Direito aos 94 anos, após morte da esposa
POLEMICA
Movimento Gay quer tirar Bíblia de circulação no Brasil, diz Damares