Menu
SADER_FULL
terça, 16 de outubro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Projeto pretende inserir 1000 crianças no judô e natação

17 Abr 2007 - 15h35

Oportunizar crianças de 07 a 14 anos da rede municipal e estadual de ensino na prática esportiva nas comunidades carentes através do judô e a natação. É esse o objetivo do Projeto Esperança lançado neste sábado, 14, no Horto Florestal, em Campo Grande.

 

Para o diretor presidente da Funesp (Fundação Municipal do Esporte de Campo Grande) João Rocha, “o esporte é uma ferramenta importante na transformação social ajudando no direcionamento desses atletas para um futuro melhor, essa é a principal função da secretaria que o município criou justamente para fomentar o esporte na nossa Capital”, disse Rocha. Hoje, em Campo Grande, são mais de 11 mil crianças praticando diversas modalidades coordenadas pela Funesp, importante parceira do Projeto Esperança.

 

A inciativa já é sucesso total se depender da alegria das crianças e do empenho dos pais e professores presentes no ginásio do Horto Florestal durante a aula inaugural aplicada pelos coordenadores Igor e Carlos Rocha.

Com apenas quinze dias de lançado, já são 135 crianças no judô e 48 na natação de vários bairros da cidade participando das duas modalidades sem custo algum. Todos os alunos recebem gratuitamente do Projeto Esperança um Kimono, sunga e touca para praticarem os esportes. Todas as crianças inscritas devem estar matriculadas em cursos escolares regulares e as suas avaliações chegam até os professores do projeto.

 

“É uma exigência para quem quer participar das aulas estarem estudando, freqüentar habitualmente a escola e alcançarem boas médias”, adianta Igor Rocha, faixa preta em judô e um dos coordenadores.

A aula inaugural de natação aconteceu simultaneamente na Academia Rocha, na Vila Carvalho, sob o olhar atento das mães presentes no local que puderam acompanhar de perto a iniciativa.

 

O deputado estadual  Marcio Fernandes (PSDB), idealizador do Projeto Esperança e faixa preta em judô, esteve presente no evento e lembrou da importância de levar o esporte às comunidades mais carentes. “É um projeto social que defendi durante a campanha eleitoral e que agora estou podendo efetivar. Tenho certeza que o esporte irá proporcionar a estas crianças uma qualidade de vida melhor. Estaremos acompanhando o desempenho familiar e escolar de cada atleta, ajudando a diminuir a evasão e a repetência escolar dos alunos inscritos”, afirma o deputado que iniciou ainda criança no esporte.

 

Marcio Fernandes lembrou também do apoio recebido do deputado estadual Reinaldo Azambuja (PSDB). “Assim que apresentei o projeto o Reinaldo de pronto deu total apoio e também está engajado nesta luta em favor do esporte sul-mato-grossense”, afirma Fernandes. Segundo o deputado até o final de 2007 a meta é inserir 1000 crianças nos dois esportes.

 

 

 

Fátima News

Deixe seu Comentário

Leia Também

IBOPE PARA PRESIDENTE
Ibope para presidente, votos válidos: Bolsonaro, 59%; Haddad, 41%
ASSASSINATO
Rapaz agride avós de adolescente que não quis namorar com ele; avó morreu
TRAGEDIA NA RODOVIA
Carro ocupado por sete pessoas se envolve em acidente; cinco morreram
REVOLTANTE
Menina de 11 anos é estuprada por detento ao visitar irmão em presídio
ACIDENTE FATAL
Douradense morre em acidente no RS
REALITY SHOW
A Fazenda 10: Ana Paula é eliminada e se manifesta contra Bolsonaro
FACÇÃO CRIMINOSA
Decapitada por Satã do PCC, jovem morreu por exigir respeito após roubo de chinelo
REVISTA VEJA
Pesquisa: Bolsonaro tem 54% dos votos válidos; Haddad, 46%
A FAZENDA
Fazendeiro Evandro Santo gera nova punição
COPA DO BRASIL
Corinthians promete maior prêmio de sua história por título