Menu
SADER_FULL
quarta, 15 de agosto de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
DR. SHAPE
Brasil

Projeto forma 30 mil soldados em cursos profissionalizantes

12 Nov 2004 - 13h23
Quase 30 mil soldados do Exército vão se formar este ano em todo o país em mais de 110 cursos profissionalizantes nas áreas de comércio, indústria, transportes e rural. Oferecidos pelo Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem industrial), Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial), Senat (Serviço Nacional de Aprendizagem de Transportes) e Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), os cursos fazem parte do Projeto Soldado Cidadão, uma parceria do Exército com o Sistema S firmada em 2002 e cujo objetivo é dar ao jovem uma qualificação profissional para que ele possa se inserir no mercado de trabalho após prestar o serviço militar.

Só no Rio de Janeiro são 3.671 soldados matriculados em 32 cursos. Nesta sexta-feira, 100 deles se formaram na primeira turma dos cursos de mecânico de diesel, motorista de transporte de carga perigosa e logística e almoxarifado. Os diplomas foram entregues em solenidade na sede do Senat, no subúrbio de Deodoro.

Para o coordenador do projeto na Vila Militar, major Dornelles, "a intenção é oferecer aos soldados um melhor retorno à vida civil, na medida em que, ao concluir um dos cursos, o jovem recebe um diploma, que é o comprovante de que ele está apto a ingressar no mercado de trabalho". Ele enfatizou que "o Exército sempre esteve preocupado com o destino do soldado depois que ele deixa de servir nos quartéis, para evitar, inclusive, que em não conseguindo um emprego digno ele se envolva na criminalidade".

Os alunos matriculados nos cursos têm, ainda, aulas sobre empreendedorismo, ministradas por técnicos do Sebrae, e de Cidadania, Direitos e Deveres, com juizes do Superior Tribunal de Justiça.

O Projeto Soldado Cidadão é desenvolvido com recursos do governo federal repassados ao ministério da Defesa e distribuído entre as três Forças Armadas. O orçamento total para 2004 é de R$ 13,4 milhões, dos quais R$ 11,7 milhões ficaram com o Exército. Nos dois primeiros anos do projeto foram qualificados cerca de cinco mil soldados em todo o país. Uma portaria assinada em outubro pelo então ministro da Defesa, José Viegas, dá ao projeto em 2005 o status de Programa de Assistência e Cooperação das Forças Armadas à Sociedade Civil/Projeto Soldado Cidadão.
 
 
 
Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

ELEIÇÕES 2018 - REGISTRO FEITO
AGORA: PT registra candidatura de Lula e tem até 17 de setembro para trocar candidato
BRIGA DE FAMILIA
Briga de irmãos termina com faca cravada na cabeça de jovem adolescente
NOVELA GLOBAL
Em 'Segundo sol', Zefa rompe com Severo: 'Você não merece nada de bom de mim!'
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Roberval é traficante de diamante
NOVELA DA RECORD
Herodíade diz que foi agarrada por Batista e Joana a chama de mentirosa.
ESTUPRO VULNERÁVEL
Criança desabafa com amiga de classe que era estuprada por padrasto; ele está foragido
CABRA MACHO
Exigência de masculinidade: edital de concurso da PMPR causa polêmica
FAMOSIDADES
Silvio Santos reclama da filha: 'Patrícia não faz nada e ganha um belo salário'
BELEZA
Piauiense que venceu Miss Brasil Mundo 2018 diz que já passou fome e teve preparação forte
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Beto pede separação a Karola e vilã finge aceitar