Menu
SADER_FULL
segunda, 21 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Projeto do MEC criará escolas dentro das empresas

26 Out 2004 - 15h29
O MEC (Ministério da Educação) lançou nesta terça-feira, em Brasília, o Programa Escola de Fábrica, cuja meta é dar formação profisional a jovens de baixa renda, entre 5 a 17 anos, que procuram o primeiro emprego.

Segundo o MEC, a meta é criar, até o final de 2005, 500 escolas no interior de fábricas, empresas e unidades produtivas. Depois de instalados, a expectativa é que os núcleos formem 10 mil alunos por ano.

A coordenação das escolas ficará a cargo de organizações não-governamentais (Ong), chamadas de unidades gestoras, que receberão do Ministério da Educação um volume de recursos que pode chegar a R$ 25 milhões anuais. O processo de seleção das Ongs será especificado em edital a ser publicado dentro de 30 dias.

No lançamento oficial do programa, o secretário-executivo do MEC, Fernando Haddad, disse que o projeto vai transformar em política pública uma experiência que a sociedade já desenvolve. Ele explicou que o governo entrará com o aporte de recursos inicial e com o apoio das escolas técnicas federais, que irão formatar uma política pedagógica adequada e o material didático dos cursos.

Adesão

Podem participar do projeto empresas de todo o país com mais de 300 funcionários. Elas devem fornecer aos alunos espaço físico adequado, móveis, instrutores da própria empresa, alimentação, uniforme, transporte, bolsa de estudos de meio salário mínimo, material didático e seguro de vida em grupo.

"Uma vez selecionadas as instituições gestoras, bastará a empresa procurar os gestores selecionados para estabelecer a parceria, que é uma relação tripartite: governo federal, instituições não-governamentais e as empresas parceiras", explica Haddad.

Os alunos beneficiários do programa devem ser de baixa renda, ter entre 15 e 17 anos, habitar em comunidades vizinhas à empresa, estar cursando o ensino fundamental ou médio em escola da rede pública e não estar matriculado em cursos de educação profissional ao ingressar no programa.
 
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos