Menu
SADER_FULL
domingo, 24 de junho de 2018
PASSARELA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Projeto do MEC criará escolas dentro das empresas

26 Out 2004 - 15h29
O MEC (Ministério da Educação) lançou nesta terça-feira, em Brasília, o Programa Escola de Fábrica, cuja meta é dar formação profisional a jovens de baixa renda, entre 5 a 17 anos, que procuram o primeiro emprego.

Segundo o MEC, a meta é criar, até o final de 2005, 500 escolas no interior de fábricas, empresas e unidades produtivas. Depois de instalados, a expectativa é que os núcleos formem 10 mil alunos por ano.

A coordenação das escolas ficará a cargo de organizações não-governamentais (Ong), chamadas de unidades gestoras, que receberão do Ministério da Educação um volume de recursos que pode chegar a R$ 25 milhões anuais. O processo de seleção das Ongs será especificado em edital a ser publicado dentro de 30 dias.

No lançamento oficial do programa, o secretário-executivo do MEC, Fernando Haddad, disse que o projeto vai transformar em política pública uma experiência que a sociedade já desenvolve. Ele explicou que o governo entrará com o aporte de recursos inicial e com o apoio das escolas técnicas federais, que irão formatar uma política pedagógica adequada e o material didático dos cursos.

Adesão

Podem participar do projeto empresas de todo o país com mais de 300 funcionários. Elas devem fornecer aos alunos espaço físico adequado, móveis, instrutores da própria empresa, alimentação, uniforme, transporte, bolsa de estudos de meio salário mínimo, material didático e seguro de vida em grupo.

"Uma vez selecionadas as instituições gestoras, bastará a empresa procurar os gestores selecionados para estabelecer a parceria, que é uma relação tripartite: governo federal, instituições não-governamentais e as empresas parceiras", explica Haddad.

Os alunos beneficiários do programa devem ser de baixa renda, ter entre 15 e 17 anos, habitar em comunidades vizinhas à empresa, estar cursando o ensino fundamental ou médio em escola da rede pública e não estar matriculado em cursos de educação profissional ao ingressar no programa.
 
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVELA GLOBAL
'Segundo Sol': Laureta revela para a família de Rosa que ela é prostituta
GOVENO NÃO CUMPRE
Caminhoneiros anunciam nova paralisação, mas trabalhadores de MS não devem participar
RAIVA HUMANA
Morte de turista por raiva humana é confirmada em Ubatuba
NOVELA GLOBAL
Valentim sofre grave acidente de carro
INACEITAVEL
Mãe de jovem morto no Rio: “É um Estado doente que mata criança com roupa de escola”
HAJA CORAÇÃO
Neymar é o autor do gol mais tardio, em tempo normal, de uma Copa na história
COPA DO MUNDO
No sufoco, Brasil supera a Costa Rica e consegue primeira vitória na Copa do Mundo
NOVELA GLOBAL
Segundo Sol: Rosa coloca fim em relação com Ícaro e ele toma atitude
SAUDE
Mulher dá a luz em calçada no Cajuru
FAMOSIDADES
Ex-apresentadora do ‘Vídeo show’, Alinne Prado sofre assalto a mão armada dentro de casa