Menu
LIMIT ACADEMIA
sábado, 20 de outubro de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Projeto de valorização ao magistério é aprovado em Jateí

11 Abr 2007 - 15h42

A Câmara Municipal de Jateí aprovou na noite desta segunda-feira (09), em Sessão Ordinária da Casa de Leis, por unanimidade em 1º e 2º turno, o Projeto de Lei Complementar N° 002/07 de 14 de março de 2007 , de autoria do Executivo Municipal. Projeto este que “Institui o Plano de Carreira, Remuneração e Valorização do Magistério Público Municipal e Modifica o Estatuto do Magistério e dá outras providências”. Este Projeto tem como princípios básicos a qualificação, a dedicação e a valorização dos profissionais em educação, estimulando a produtividade e melhorando o padrão de qualidade de ensino.

 

Os vereadores aprovaram também por unanimidade outro  Projeto de Lei  Complementar  Nº 003/07 de 02 de Abril de 2007, de autoria do Executivo Municipal em Regime de Urgência Especial. Projeto este que “ Dispõe sobre o Plano de Cargos e Remuneração dos Servidores da Prefeitura Municipal de Jateí/MS e dá outras providências”. Os Nobres Edis observando que os planos de cargos e remuneração dos Servidores deverá estar dentro do Regime Estatutário, pois tem por objetivo fundamental a valorização e profissionalização do servidor público  para a eficiência e continuidade da ação administrativa.

 

Os Projetos foram aprovados pelos nove vereadores da Casa de Leis, que são eles: Carlos Alberto Jorge Leite “Beto” (PFL), presidente, José Rosendo Duarte (PT), vice-presidente; Fátima Albertina Jorge da Costa (PL), primeiro-secretário; Erculano José da Silva (PL), segundo-secretário, Francisco Alves de Araújo (PPS), Denílson de Melo Ramos (PL), João Batista Gonçalves (PL), Jeovani Vieira dos Santos (PL) e Manoel Pinheiro de Andrade (PMDB).

 

A sessão contou ainda com as reivindicações dos vereadores Francisco Alves de Araújo (PPS), onde solicitou que seja enviado oficio ao Senhor Diretor Presidente da Enersul, ao Diretor Presidente da Aneel, bem como ao Governador do Estado Senhor André Puccinelli, ao Presidente da Assembléia Legislativa Deputado Jerson Domingos, ao Deputado Federal Geraldo Resendes líder da bancada federal de Mato Grosso do Sul, apoiando a classe política nesse movimento contra o alto reajuste abusivo previsto que de acordo com a vontade da Enersul que é de 21%. Tendo em vista que o nosso estado já paga a maior taxa de energia publica do país e a 6ª maior do mundo. E do vereador José Rosendo Duarte (PT), onde solicitou que seja enviado oficio as empresas de Energia Elétrica, cobrando os Calendários Rurais que são distribuídos anualmente para que os proprietários possam estar tirando suas leituras, e assim poder obter um controle de seus gastos com energia.

 

 

 

 

Fátima News

Deixe seu Comentário

Leia Também

DISPUTA ACIRRADA
Vox Populi: Distância cai para 6 pontos
AGRESSÃO
Justiça manda penhorar bens de Dado Dolabella para pagar indenização a camareira agredida
HOMICÍDIO - 17 TIROS
Empresário é morto com 17 tiros; acusados estão detidos
ACIDENTE DE TRANSITO
Carros capotam após batida; criança de 5 anos ficou ferida
POLITICA
TSE abre investigação para apurar suposto crime eleitoral de Bolsonaro
FAMOSIDADES
Jair Bolsonaro teria causado a separação de Neymar e Bruna Marquezine
NOVELA GLOBAL
Segundo Sol: Após suborno e tentativa de estupro, Remy se entrega a polícia para deixar Luzia livre
REALITY SHOW
Perlla é eliminada de A Fazenda com 22,64% dos votos
RETA FINAL
'Segundo sol': Antes de ir para a cadeia, Luzia pede: 'Continuem procurando por Remy! Ele está vivo!
CASO LETICIA
Adolescente morta a facadas contou a amigos que pai estuprou a tia na sua frente:'Tinha quatro anos'