Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 24 de maio de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Projeto de lei prevê suspensão do desmatamento no Pantanal

10 Jun 2010 - 16h49Por Conjuntura Online

O desmatamento no Pantanal já atinge 15,18% do seu território. O dado é do governo federal e foi divulgado na semana passada durante as atividades do Meio Ambiente.

Conforme monitoramente realizado, entre os anos de 2002 e 2008, o desmatamento na região pantaneira teve um crescimento de 2,82%, ou seja, 4.279 km2 de mata nativa sumiram do mapa em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Somente no pantanal sul-mato-grossense, foram derrubados 2.784 km2 da paisagem natural. Com isso, o Pantanal apresenta, na pesquisa, o segundo maior índice de desmatamento entre os 5 biomas estudados, perdendo apenas para o Cerrado.

Diante dos dados, o deputado estadual Pedro Kemp (PT) apresentou na sessão dessa quinta-feira, dia 10, projeto de lei, prevendo a moratória do desmatamento legal pelo período de cinco anos.

De acordo com a iniciativa, nesse período, ficam suspensas as concessões de licenças ambientais para o desmatamento de propriedades localizadas na Zona da Planície Pantaneira de Mato Grosso do Sul.

Conforme o parlamentar, o Ministério do Meio Ambiente atribui o avanço do desmatamento no bioma Pantanal, que totaliza uma área de 151.313 km2, à expansão da pecuária e à extração de carvão vegetal para o pólo minero-siderúrgico de Corumbá, que é a terceira maior reserva do minério de ferro e a segunda de manganês no país.

Dados do IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais) em Mato Grosso do Sul) apontam que em 2009 foi produzido 1,8 tonelada de carvão no Estado.

Pedro Kemp acredita que a medida é necessária já que Mato Grosso do Sul desmatou quase o dobro – 2.784 km²- se comparado com o estado de Mato Grosso, que extraiu no mesmo período do Pantanal o equivalente a 1.495 km².

“Com o resultado divulgado pelo IBAMA está mais que provado que medidas mais drásticas são imprescindíveis para garantir a proteção do Bioma Pantanal”, enfatiza o parlamentar no projeto de lei.

Kemp lembra ainda que em 2006 iniciativa semelhante foi aprovada na Assembleia Legislativa, resultando na lei 2.348, de dezembro de 2006.

A proposta, à época, estabeleceu moratória de um ano e sua vigência teve fim no ano seguinte à publicação da norma. Apresentada hoje, a proposta segue agora para Comissão de Constituição, Justiça e Redação da Casa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Governo dobra vagas de concurso da PF e convocações saem no fim do ano
FEMINICIDIO
Mulher é morta com 75 facadas pelo ex-marido após 25 anos de casamento
NEGLIGÊNCIA FUNCIONAL
'Peguei meu filho e achei que estivesse morto', diz mãe de criança dopada em creche
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
Confira o que tá na promoção que vai até este sábado no O Boticário em Fátima do Sul
BONITO - MS - DICA AGÊNCIA ECO TOUR
Visite Bonito (MS) na baixa temporada, saiba o porquê!
FÁTIMA DO SUL - TRATAMENTO COACH
De Nova Andradina, Vanessa recupera autoestima com tratamento 'Coach' Célia Tenório de Fátima do Sul
CASA BOCA SUJA
morador instala placas com palavrões nos muros de casa
MACABRO
Mulher é encontrada morta ao lado de uma oferenda
AMOR AO PRÓXIMO
Acidentada e abandonada, idosa é adotada por mulher de 30 anos
TRISTEZA
Morre menina que teve o corpo queimado em tentativa de furto em oleoduto, em Duque de Caxias