SUCURI_MEGA
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 19 de Outubro de 2017
DELPHOS_FULL
20 de Dezembro de 2004 09h48

Programa facilita escolarização de milhões de pessoas

O programa Brasil Alfabetizado atende, atualmente, cerca de 1,9 milhão de jovens e adultos em mais de quatro mil municípios de todo o País. Criado pelo governo federal em 2003, a iniciativa tem facilitado a escolarização de milhões de jovens e adultos – a partir de 15 anos – que não tiveram, na idade adequada, acesso à escola.

Nos últimos dois anos, o Brasil Alfabetizado ajudou na formação de 3,7 milhões de jovens e adultos. Para isso, trabalharam 165 mil alfabetizadores, com um investimento de R$ 352 milhões. Para 2005, estão previstos recursos de R$ 218 milhões para a alfabetização de 2,3 milhões de jovens e adultos.

O esforço ajudará a combater o analfabetismo em um país com 33 milhões de analfabetos funcionais (pessoas a partir de 15 anos, com menos de quatro anos de escolarização). Destes, 16 milhões não sabem ler ou escrever. Com esse objetivo, o MEC estabeleceu a alfabetização como política prioritária e integrada à educação de jovens e adultos, com o propósito de garantir a continuidade do aprendizado. Essa política é realizada por meio de dois programas complementares.

O Brasil Alfabetizado repassa recursos para a formação de alfabetizadores e implantação de cursos de alfabetização em parceria com estados, municípios, instituições de ensino superior e entidades da sociedade civil. Em 2004, para melhorar o processo de aprendizado, o MEC aumentou o período dos cursos de seis para oito meses e introduziu um piso de R$ 120,00 pago aos alfabetizadores, mais R$ 7,00 por aluno em sala de aula. As turmas devem ter, no máximo, 25 alfabetizandos.

Até 2006, o Brasil Alfabetizado atenderá 10 milhões de jovens e adultos, contribuindo para reduzir significativamente o índice de analfabetismo no Brasil.

Outro programa complementar é o Educação de Jovens e Adultos (EJA). A alfabetização foi integrada à educação de jovens e adultos, com o propósito de garantir a continuidade dos estudos. Nessa direção, o MEC vem desenvolvendo o programa Fazendo Escola com o objetivo de apoiar e ampliar o atendimento de jovens e adultos nos sistemas públicos de ensino fundamental. Em 2003, o programa beneficiou 1.549.004 alunos, em 2.015 municípios de todo o País. Em 2004, estão sendo beneficiados 2.089 municípios, em 26 estados, atendendo 1.834.235 alunos, com um investimento de R$ 420 milhões.

Por meio do programa, além da ampliação de vagas, os estados e municípios oferecem formação continuada para professores da educação de jovens e adultos visando à melhoria da qualidade de ensino.
 
 
Agência Popular
Comentários
Veja Também
Nossa_Lojas
FÁBRICA_CALÇADOS
FARMÁCIA_CENTROFARMA_300
Últimas Notícias
  
LÉO_GÁS_300
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.