Menu
SADER_FULL
quarta, 18 de julho de 2018
PASSARELA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Programa facilita escolarização de milhões de pessoas

20 Dez 2004 - 09h48
O programa Brasil Alfabetizado atende, atualmente, cerca de 1,9 milhão de jovens e adultos em mais de quatro mil municípios de todo o País. Criado pelo governo federal em 2003, a iniciativa tem facilitado a escolarização de milhões de jovens e adultos – a partir de 15 anos – que não tiveram, na idade adequada, acesso à escola.

Nos últimos dois anos, o Brasil Alfabetizado ajudou na formação de 3,7 milhões de jovens e adultos. Para isso, trabalharam 165 mil alfabetizadores, com um investimento de R$ 352 milhões. Para 2005, estão previstos recursos de R$ 218 milhões para a alfabetização de 2,3 milhões de jovens e adultos.

O esforço ajudará a combater o analfabetismo em um país com 33 milhões de analfabetos funcionais (pessoas a partir de 15 anos, com menos de quatro anos de escolarização). Destes, 16 milhões não sabem ler ou escrever. Com esse objetivo, o MEC estabeleceu a alfabetização como política prioritária e integrada à educação de jovens e adultos, com o propósito de garantir a continuidade do aprendizado. Essa política é realizada por meio de dois programas complementares.

O Brasil Alfabetizado repassa recursos para a formação de alfabetizadores e implantação de cursos de alfabetização em parceria com estados, municípios, instituições de ensino superior e entidades da sociedade civil. Em 2004, para melhorar o processo de aprendizado, o MEC aumentou o período dos cursos de seis para oito meses e introduziu um piso de R$ 120,00 pago aos alfabetizadores, mais R$ 7,00 por aluno em sala de aula. As turmas devem ter, no máximo, 25 alfabetizandos.

Até 2006, o Brasil Alfabetizado atenderá 10 milhões de jovens e adultos, contribuindo para reduzir significativamente o índice de analfabetismo no Brasil.

Outro programa complementar é o Educação de Jovens e Adultos (EJA). A alfabetização foi integrada à educação de jovens e adultos, com o propósito de garantir a continuidade dos estudos. Nessa direção, o MEC vem desenvolvendo o programa Fazendo Escola com o objetivo de apoiar e ampliar o atendimento de jovens e adultos nos sistemas públicos de ensino fundamental. Em 2003, o programa beneficiou 1.549.004 alunos, em 2.015 municípios de todo o País. Em 2004, estão sendo beneficiados 2.089 municípios, em 26 estados, atendendo 1.834.235 alunos, com um investimento de R$ 420 milhões.

Por meio do programa, além da ampliação de vagas, os estados e municípios oferecem formação continuada para professores da educação de jovens e adultos visando à melhoria da qualidade de ensino.
 
 
Agência Popular

Deixe seu Comentário

Leia Também

TURISMO PELO BRASIL E MUNDO
Indústria de Hotéis aguarda aprovação dos jogos para captar bilhões em produtos turísticos
AGORA EM DOURADOS - MS
UNIPAR EAD com cursos de Educação Física, Letras, Marketing e mais 22 cursos, Confira todos aqui
TRAGEDIA
Acidente chocante em Foz: casal morre na hora em batida
NOVELA GLOBAL
Aliada de Laureta, Rosa se vinga do pai e o humilha no restaurante em ‘Segundo sol’
GRANA
Governo antecipa primeira parcela do 13º de aposentados e pensionistas
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Severo é preso e humilha Roberval
FUTEBOL PELO MUNDO
Real Madrid se recusa a permitir que Vinícius Júnior permaneça no Flamengo até o final de 2018
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Luzia descobre que seu filho com Beto não morreu
CONCURSOS - OPORTUNIDADES
Concurso: 13 órgãos abrem as inscrições para 1,9 mil vagas nesta segunda
FOI SALVAR O MELHOR AMIGO
Jovem morre afogado após pular em rio para tentar salvar cachorro