Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 23 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Professores endurecem negociação e pedem pagamento imediato

12 Mar 2007 - 14h53
Reunidos hoje pela manhã na sede da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), os professores da rede estadual de ensino não aceitaram a proposta apresentada pelo governo do Estado de parcelamento no pagamento da regência de classe. Dos 70 municípios que possuem sindicato dos professores, 67 foram contra a proposta formulada pelo Estado e exigem o pagamento imediato da regência.
 
Hoje à tarde, a direção da Fetems reúne-se com os secretários estaduais Nilene Badeca (Educação), Mario Sérgio Lorenzetto (Fazenda) e Thiê Higuchi ( Administração ) para apresentar o resultado da assembléia ordinária. Na ocasião, a Fetems colocará aos representantes do governo que a única proposta que aceitam é a de pagamento imediato.
 
Se não houver consenso na reunião marcada para hoje, às 16 horas na Governadoria, os professores já decidiram que farão uma paralização de 24 horas nesta quinta-feira (dia 15), além de promoverem uma passeata no Parque dos Poderes, visitando a Assembléia Legislativa, a Governadoria e a Secretaria Estadual de Educação.
 
Na última sexta-feira (dia 9), a Fetems protocolou no TJ (Tribunal de Justiça do Estado) um mandato de segurança para garantir o pagamento da regência. A proposta feita pelo governo do Estado é de cumprir o reajuste de 20% da regência de classe retroativamente a partir de julho com pagamento dos meses de fevereiro, março e julho. Em agosto seria efetuado o pagamento de abril e de agosto, em setembro seriam pagos maio e setembro, em outrubo seriam pagos junho e outubro e assim sucessivamente até novembro, sendo que em dezembro pagaria a última parcela.

 

 

Mídia Max


Deixe seu Comentário

Leia Também

LUTO - TV
Ator Caio Junqueira morre no Rio uma semana após acidente
ANJO DA GUARDA
Amigo dá lar a mulher que viveu 40 anos internada no HC
MAMATA
General corta contratinho de R$ 30 milhões para manter jornalistas no exterior
PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física