Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 18 de junho de 2019
SADER_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Professores da USP decidem entrar em greve

23 Mai 2007 - 14h00
Os professores da Universidade de São Paulo (USP) decidiram entrar em greve nesta quarta-feira, em assembléia realizada na própria universidade. De acordo com a Associação dos Docentes da USP (Adusp), a paralisação ocorre até o dia 25, quando será realizada uma nova assembléia.
» Professores se reunem no Masp
» Opine sobre o assunto
» vc repórter: mande fotos e relatos
Entre os motivos da greve estão o protesto contra os decretos do governador José Serra (PSDB) e uma possível ação violenta na desocupação do prédio da reitoria da universidade, invadida no dia 3 de maio por estudantes.
À tarde, os professores participarão de um ato conjunto com os servidores públicos e outros movimentos sociais organizados. Os protestos integram o Dia Nacional da Luta, organizado pela Central Única dos Trabalhadores (CUT) com o apoio de diversos sindicatos.
Professores estaduais também realizam assembléia na tarde desta quarta-feira para decidir sobre uma possível paralisação.
 
 
Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIDA SEDENTARIA
OMS alerta: Criança menor de 3 anos não deve ficar nem um minuto em tablet ou celular
HOMICIDIO X SUICIDIO
Pai que matou o filho de 4 anos e se matou não se conformava com namoro da ex-mulher
DOENÇA DO SÉCULO
Jovem de 19 anos, com depressão comete suicídio e comove amigos
ASSASSINATO CRUEL
O massacre do menino Rhuan e o silêncio da grande mídia
FAMOSIDADES
Homem discute com mulher e mata bebê de quatro meses
SOLIDARIEDADE
Bebê nasce sem os olhos e mobiliza cidade do Paraná
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Pai mata filho de quatro anos e se mata por não aceitar fim do relacionamento
ASSASSINATO
Marido da deputada é morto a tiros
MULHER DO PRESIDENTE
Esposa de Jair Bolsonaro cai na internet, fotos íntimas são exibidas e todos ficam sem acreditar
DOURADOS - MANIFESTAÇÕES
Dono da Havan manda 'recado' a manifestantes após protesto em frente a loja de Dourados