Menu
SADER_FULL
quarta, 21 de novembro de 2018
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

Professora presa por ter relações sexuais com aluno de 14

29 Jun 2004 - 15h10

Tampa, Flórida, EUA - Eles se conheceram e, em menos de um mês, estavam se amando em todos os locais possíveis – o apartamento dela, o carro do primo dele, uma sala de aula. E isso custou, a Debra, dinheiro, prisão e um processo. Debra Beasley Lafave, uma professora de 23 anos está presa desde a semana passada por haver mantido relações sexuais com um estudante de 14 anos.

Ela foi presa depois que o adolescente contou aos policiais tudo: que ele e Debra se conheceram durante uma excursão da classe, no mês passado, e que começaram a fazer sexo em 3 de junho. Segundo ele, a professora lhe contou que estava com problemas em seu casamento há seis meses.

Os investigadores disseram que o primo, que dirigia o carro em um dos encontros dos dois e que também foi ouvido, deu testemunho coincidente que incriminou Debra. O menino de 14 anos foi capaz, também, de descrever o apartamento da professora e suas tatuagens e marcas de nascimento.

Debra, que ensina numa escola primária num subúrbio de Tampa, foi acusada de agressão sexual, de ter relações sexuais com um menor em seu apartamento e numa classe da Escola Intermediária Greco e de exibicionismo.

Ela conseguiu liberdade condicional depois de pagar fiança e por ter-se entregado à polícia do condado de Marion, a 129 quilômetros ao norte de Tampa. Para ser solta, Debra gastou 25.000 dólares (75.000 reais).

Estadão

Deixe seu Comentário

Leia Também

TERRORISMO
Bolsonaro sofre ameaças de morte em vídeos na internet
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem que matou filho para defender a nora comete suicídio
INJUSTIÇA
Familiares prestam homenagem a laçador de cães que morreu após ser hostilizado
FORAGIDO
Mulher é morta a facadas pelo ex-marido, que não aceitava fim de relacionamento
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Valentina conta a Egídio que Gabriel é filho dele
CRUELDADE
Idosa de 106 anos é assassinada a pauladas no Maranhão
NOVO GOVERNO
Desistência de general para ministério leva crise ao QG de Bolsonaro
ASSASSINATO
Câmeras flagram dupla efetuando mais de 30 tiros contra homem; veja o vídeo
TRISTEZA
Menino de 10 anos comete suicídio após a prisão do pai
MALDADE
Câmera de segurança flagra homem colocando fogo em casinha comunitária para cachorros