Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 20 de julho de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Professora é suspeita de cortar cabelo de alunas para apliques

13 Ago 2010 - 14h38Por Redação Terra
Uma professora do ensino fundamental é suspeita de cortar mechas de cabelo de seis alunas de 8 a 10 anos em uma escola municipal de Ilhéus, a 465 km de Salvador (BA). O caso foi denunciado pela mãe de uma das crianças à Secretaria de Educação em julho. A professora, que atuava como contratada na rede pública desde março, afirma que cortou o cabelo das crianças para retirar chiclete. As mães das crianças acreditam que ela pretendia fazer megahair, um tipo de aplique de cabelo.

A secretaria rescindiu o contrato de trabalho da educadora. Segundo a secretária de Educação de Ilhéus, Lidiney Campos, a mãe de uma das crianças reclamou que a professora havia cortado o cabelo da filha dela em duas ocasiões. A professora teria negado o procedimento.

A secretaria, então, resolveu iniciar uma investigação. A diretora foi à casa das seis crianças e fotografou as meninas. De acordo com Lidiney, as imagens mostram que faltam mechas de cabelo. "A diretora foi falar novamente com a professora e ela disse que tinha cortado para tirar chiclete do cabelo das crianças", afirmou Lidiney.

De acordo com relatos das crianças à diretora da escola, a professora dizia que iria cortar as mechas de cabelo para retirar chiclete e depois colocava o cabelo em saquinhos na bolsa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VICENTINA SENDO REPRESENTADA NO RJ
Vicentina será representada no Internacional de Masters South América de Jiu-jitsu no Rio de Janeiro
POLITICA
'Falar que passa-se fome no Brasil é uma grande mentira', afirma Bolsonaro
NOVELA GLOBAL
Maria da Paz se recusa a enxergar caráter de Josiane em 'A dona do pedaço'
REGIME SEMIABERTO
Goleiro Bruno deve sair da cadeia no fim da tarde desta sexta-feira
CASO RARO
Bezerro de seis patas chama atenção moradores de Santa Helena – Veja Vídeo
MONSTRUOSIDADE
Vizinho é preso suspeito de estuprar e estrangular menina de 8 anos
CASA PRÓPRIA
Recurso de R$ 1 bilhão é destinado ao Minha Casa, Minha Vida
VIDA SAUDÁVEL
Homem mais velho do Brasil falece no Rio de Janeiro
BASTA DE IMPRUDÊNCIA
Enlutada pelas mortes, população deixa faixa contra imprudência na PR-082
VIOLENCIA
Motorista atropela manifestantes do MST e mata um idoso