Menu
CÂMARA BONITO SETEMBRO
quinta, 19 de setembro de 2019
CACAU SHOW FÁTIMA DO SUL 0
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Professor usa o esporte para incluir deficientes

3 Mai 2007 - 11h14

O professor Leandro Carlos Francisco, de Dourados, iniciou um trabalho de inclusão dos deficientes do município usando o esporte. Entre outras ações, ele está treinando uma equipe de basquetebol para cadeirantes na cidade e pensa estender o projeto para outras modalidades esportivas, como a natação.

Leandro Francisco iniciou este trabalho há cerca de cinco anos, buscando aperfeiçoamento técnico e científico. Ele chegou até a promover um seminário em Dourados que abordou justamente o para-desporto. O professor disse que a decisão de dedicar a esta categoria aconteceu ainda quando ele fazia o curso de Educação Física. “O retorno emocional e a sensação de estar fazendo sua parte para motivar as pessoas para o bem viver é a maior recompensa deste trabalho”, afirma Leandro Francisco.

Para que esse trabalho atinja os resultados esperados, Leandro Carlos Francisco está iniciando uma ação no sentido de sensibilizar as pessoas portadoras de deficiência, bem como seus familiares, a terem no esporte uma alternativa saudável de vida. “O esporte une e promove a fraternidade, valores fundamentais para os dias atuais na vida e na superação de desafios”, comenta o professor.

No basquete, Leandro Carlos Francisco comanda o “Dourados Sobre Rodas”, time de atletas deficientes físicos que joga com a cadeira de rodas. A equipe já existe há dois anos e nesse período fez apresentações amistosas e disputou torneios em Dourados e Campo Grande. No final deste mês, o time de cadeirantes de basquetebol de Dourados vai à cidade de Toledo, no Paraná, para disputar mais um campeonato.

A competição no Paraná é para o time pegar experiência, pois o nível das equipes é considerado muito bom. “Nós ainda temos que aperfeiçoar alguns fundamentos e, principalmente, ter melhores condições em termos de material para a prática do esporte sobre rodas, como a aquisição de cadeiras especiais para a modalidade”, ressalta Leandro Francisco.

O time tem 10 atletas e apenas oito cadeiras. Além de aparelhar melhor o material de trabalho, Leandro quer aumentar o número de atletas, buscando principalmente tornar a equipe com uma média de idade mais jovem. “Estamos à caça de novos atletas para o basquete e também outras modalidades”, ressalta o professor, que está treinando o time toda segunda, quarta e sexta-feira no ginásio do Sesi em Dourados.

 

 

 

Dourados News

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO BELO RESORT
Atenção Escolas, o Campo Belo Resort é o lugar perfeito para receber grupo escolar, VEJA COMO
FÁTIMA DO SUL - CACAU SHOW
Surpreenda quem você ama com lindas cestas na Cacau Show de Fátima do Sul
FALAM EM MILAGRE
Túmulo que verte água em cidade do Paraná intriga moradores. Não há explicação
ABUSO SEXUAL
Líder religioso é preso acusado de estuprar 14 adolescentes
NOVELA GLOBAL
Em 'A dona do pedaço', Maria da Paz e Amadeu salvam a vida de Chiclete após atropelamento
+ ALTA
Petrobras eleva preço da gasolina em 3,5% e do diesel em 4,2%
MILIONÁRIOS
Bolão de funcionários da liderança do PT na Câmara ganha R$ 120 milhões da Mega-Sena
CAMPEÃO COPA DO BRASIL
Athletico-PR derrota Internacional e é campeão da Copa do Brasil
FAMOSIDADES
Antes de beijos em boate,Anitta convidava bailarina para apimentar relação com Scooby
AFRONTA
Modelo brasileira posa nua e quase é presa na Coreia do Norte