Menu
LIMIT ACADEMIA
sexta, 18 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Produtores voltam a se mobilizar contra invasões

15 Out 2004 - 11h07
Desde a noite do último domingo, produtores rurais do município de Itaporã estão fazendo vigílias em frente as propriedades para evitar invasões de terra. A mobilização é feita em cima de indícios de que grupos de sem-terra estariam dispostos a invadir propriedades na região. As fazendas estão sendo monitoradas durante 24 horas. Na rodovia MS-157, que liga Itaporã a Maracaju, acampamentos foram levantados em frente a algumas propriedades.
Nas regiões de Carumbé e Peroba os produtores estão se revezando na estrada diante das ameaças de invasões. "Nós não admitimos invasões de terra em Itaporã porque aqui não existem terras improdutivas", disse o gerente da Fazenda Lagoão, Silvio Pereira.
A presença de uma equipe do Departamento de Operações de Fronteira (DOF), foi solicitada na noite do último domingo quando surgiram as ameaças. Os fazendeiros informaram que foram feitas várias rondas entre as propriedades. Seguranças particulares também foram contratados para permanecerem nas áreas.
Os produtores rurais também estão aproveitando ao máximo as margens das rodovias, preparando-as para o plantio, para evitar que estes espaços sejam transformados em acampamentos. "Desde a invasão da Fazenda Coimbra que nós, produtores rurais de Itaporã decidimos que estaremos sempre unidos, todas as decisões estão sendo tomadas em conjunto e respaldadas pelo nosso Sindicato", disse Pereira.
O presidente do Sindicato Rural de Itaporã, Maurício Saito informou que a vigília não tem data definida para terminar. "Não vamos cercar estradas e tomar nenhuma medida radical, apenas estamos nos unindo para cuidar das propriedades particulares, todos estamos atentos e cada vez mais mobilizados", disse Saito.
Esta é a segunda vez que os produtores rurais de Itaporã se mobilizam contra invasões de terra, depois da ocupação da Fazenda Coimbra, ocorrida no ano passado, na divisa entre Itaporã e Dourados.
 
Dourados Agora

Deixe seu Comentário

Leia Também

LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos
LUTO NA MÚSICA
Cantor sertanejo Marciano morre aos 67 anos, vítima de enfarto
CARNAVAL É NO CAMPO BELO RESORT
Carnaval é no Campo Belo Resort, reserve já seu lugar nesse bloco - Confira os pacotes
MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS
DECEPCIONADA
Regina Duarte surpreende e se posiciona contra atitude de Bolsonaro
SATÂNICO
Mulheres são presas acusadas de torturar criança de apenas dois anos que teve rosto desfigurado
INSPIRAÇÃO
Idoso se forma em Direito aos 94 anos, após morte da esposa
POLEMICA
Movimento Gay quer tirar Bíblia de circulação no Brasil, diz Damares
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem atira em esposa e se mata com granada
SUPERAÇÃO
Pedreiro cadeirante enfrenta difilculdades e sustenta a família trabalhando em obras