Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 22 de abril de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Produtores de soja pressionam o Ministério da Agricultura

13 Set 2004 - 10h04
Produtores de soja em todo o país pressionam o ministério da Agricultura por uma decisão sobre as sementes modificadas em laboratório.

A plantação e venda de soja transgênica foi liberada na safra passada por vontade do governo. Mas a decisão final é do Congresso, que ainda não aprovou a Lei de Biossegurança.

É uma corrida contra o tempo. A soja precisa começar a ser plantada até o início de outubro. Caso contrário, a safra fica comprometida por causa do período de chuvas. Duzentas mil sacas de sementes transgênicas, modificadas em laboratório, estão estocadas à espera de uma definição do governo - se o plantio vai ou não ser autorizado.

No Rio Grande do Sul, principal estado produtor de soja transgênica, a preocupação é grande.

"Sem dúvida, o Rio Grande do Sul depende de uma medida provisória urgente. Para que a safra do não seja comprometida, é preciso liberar a soja transgência para ser plantada", afirma o Vice-presidente da Federação de Agricultura, Vitor Marasca.

A solução para os produtores seria a aprovação pelo Congresso da Lei de Biosseguranca, que trata da produção e comercialização de transgênicos.

O problema é que o assunto é complexo demais para ser aprovado nesta semana em que os deputados e senadores fazem uma pequena pausa nas campanhas municipais para participar de votações no Congresso.

Como o regimento interno do Senado proíbe que o projeto seja fatiado para se aprovar apenas o artigo que prorroga por mais um ano a autorização de plantio dos transgênicos, o governo vai tentar nesta segunda-feira encontrar uma saída.

O que o Palácio do Planalto quer evitar a todo custo é ser obrigado a editar uma medida provisória.

O relator do projeto é o responsável por encontrar uma alternativa que poupe o governo e salve os produtores de soja.

¿Nós precisamos preservar a autonomia do Senado e da Câmara fazendo as leis aqui, não aguardando uma medida provisória que é ruim para o governo, para o Senado, para a Câmara, ou seja, é ruim para todos nós", diz o relator do projeto de Biossegurança Ney Suassuna.

 
Bom Dia Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

CRÔNICA DA SEMANA
CRÔNICA DA SEMANA: 'Precisamos redescobrir o Brasil', por Luciano Gazola
CRUELDADE
Criança tinha o pênis amarrado com elástico e era torturada pelo pai e a madrasta
MORTE TRÁGICA
Adolescente de 13 anos morre após sofrer queda de bicicleta
ESTAVA FORAGIDO
Homem que matou esposa na Sexta-feira Santa morre em acidente 03 dias depois
FEMINICIDIO
Advogada é assassinada a facadas por marido após discussão
100 LUZ
Giselle Itié lamenta a morte de outro ex-namorado em apenas três meses
CENSURADO
Video com ataques de Olavo a Militares é excluido das Redes de Bolsonaro
DOENÇA DO SÉCULO
Yasmim Gabrielle, do ‘Programa Raul Gil’, se suicida após depressão
FATALIDADE
Bebê morre após ser esquecida pelo pai por três horas dentro do carro
IRRESPONSABILIDADE
Bebê de 1 aninho entra em coma alcoólico após pai dar cachaça com refrigerante