Menu
SADER_FULL
sábado, 23 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CONTAINER
Brasil

Produtores de MS serão premiados por programa de empreendedorismo

14 Jul 2010 - 13h40

Criado para ampliar a capacidade empreendedora e de planejamento nos produtores rurais, o Programa Empreendedor Rural (PER) premiará, no dia 23 de julho, os três melhores planos de negócio desenvolvidos pelos participantes durante o ano de 2009. Os 12 finalistas foram escolhidos entre 60 projetos apresentados nas 20 turmas realizadas ano passado. Mantendo uma média de 25 pessoas por turma, os alunos puderam aprender a administrar uma propriedade rural como uma empresa, adquirindo conhecimentos de planejamento e gestão. O programa foi criado por uma parceria entre o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) que surgiu no Paraná e se estendeu para outros estados. 

A produtora Miriam Girolometto Zanquet, de Camapuã, possui uma propriedade onde sempre desenvolveu atividades de cria, recria e engorda de gado bovino. Unindo uma vontade que sempre teve de trabalhar com apicultura ao interesse por diversificação de atividades, ela relata que o PER foi a oportunidade para criar um plano e colocar o sonho em prática. “Sempre gostei e tive interesse por trabalhar com mel, mas sempre tive muitas dúvidas, por não saber as possibilidades dessa área. Foi durante as aulas que pude verificar que a apicultura silvestre tem um custo inicial de instalação baixo com retorno rápido”, destaca.

Hoje, Miriam está implantando a atividade, com 15 caixas já estabelecidas com abelhas na propriedade de 923 hectares. Ela é uma das que teve seu projeto selecionado como finalista e se orgulha com o reconhecimento. “O PER foi uma coisa a qual me dediquei com bastante afinco e é muito bom ver que pude aprender muitas coisas. A minha propriedade é considerada média aqui na minha região, mas até mesmo pequenos produtores podem utilizar um plano de negócio como o meu e garantir retorno com a atividade de apicultura”, complementa.

No dia 23 de julho, quando ocorre a cerimônia de encerramento do programa e a premiação dos vencedores, todos os 12 projetos finalistas serão apresentados por seus criadores. Em junho, eles foram capacitados e orientados pelo Senar para essa apresentação. Os três escolhidos de Mato Grosso do Sul participam posteriormente de uma premiação nacional, que reúne participantes do PER de outros estados.

Participando do PER os produtores aprendem a modificar a visão de mercado e trabalhar sua propriedade como uma empresa, que precisa de planejamento, gestão, controle financeiro e investimentos. O superintendente do Senar, Clodoaldo Martins, ressalta que é importante capacitar o homem do campo e suprir uma necessidade por conhecimento. “Ainda é necessário qualificar quem está no meio rural para que haja uma mudança de postura em relação às possibilidades existentes. O PER faz isso, modifica a visão de produtores rurais transformando-os em empresários do campo”, destaca.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PEDOFILIA
Babá de 15 anos recebia dinheiro para ter relações com patrão
PREOCUPANTE
Mineradora declara situação de emergência em barragem de Araxá
INTOLERANCIA RELIGIOSA
Delegado solicita ida à casa do 'BBB 19' para interrogar Paula, investigada por intolerância
RESUMO DAS NOVELAS
Mercedes convoca Murilo para uma conversa
CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico