Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 19 de janeiro de 2020
SADER_FULL
Busca
BANNER BET
Brasil

Produtor arca com 90% do custo de sanidade

1 Jul 2004 - 08h53
O produtor rural está arcando com mais de 90% dos custos de sanidade animal, investindo, pelo menos, R$ 10,00 por cabeça ao ano, segundo cálculo do secretário estadual de Produção, José Antônio Felício, o que no caso de Mato Grosso do Sul significa R$ 250 milhões. Já o governo do Estado investe R$ 25 milhões ao ano e o governo federal repassou R$ 1,176 milhão no início deste ano, ainda referente ao que estava previsto para o orçamento do ano passado.
Em reunião ontem em Cuiabá (MT), da qual o secretário e o governador de Mato Grosso do Sul, Zeca do PT, participaram, o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Roberto Rodrigues, reconheceu que o investimento ideal no caso específico da febre aftosa seria de US$ 0,30 por animal, em torno de R$ 0,90, o que só para Mato Grosso do Sul significa em torno de R$ 22,5 milhões, enquanto que para 2003 só foram repassados R$ 12 milhões para todo o País. O Mato Grosso do Sul já encaminhou projeto pleiteando R$ 5,5 milhões do governo federal, mas ontem o ministro informou aos governadores de Estados de Centro-Oeste que está recebendo limitações da equipe econômica. “O ministro nos apresentou um gráfico mostrando que de 1997 para cá o valor nominal de recursos investidos em sanidade caiu a um terço”, diz Felício.
 
CG News

Deixe seu Comentário

Leia Também

REALITY SHOW 2020
'BBB 20': conheça os participantes do programa; lista tem famosos da internet
FUJA DO PREJUIZO
Saiba como renegociar planos de celular, TV a cabo e internet
NOVA ANDRADINA - TURISMO
Ciclistas de Nova Andradina pedalam mais de 750 km para chegar ao litoral catarinense
FÉRIAS DOS FAMOSOS
De biquíni, filha de Glória Pires ostenta corpão em férias
CAMPO BELO RESORT - PACOTE ESQUENTA
Esquenta de Carnaval é no Campo Belo Resort, confira o pacote e faça sua reserva
CANCELAMENTO DE BOLSA FAMILIA EM 2019
Governo federal cancelou 1,3 milhão de benefícios do Bolsa Família em 2019 por irregularidades
CELULAR
Brasil é o 3º país em que pessoas passam mais tempo em aplicativos
A CASA CAIU
Mulher acha que marido morreu, busca detetive e descobre traição: 'Agora é ex'
LUTO - IASD
Morre primeiro líder máster de desbravadores investido no Brasil
OVNI OU SATÉLITE?
Objetos não identificados no céu chamam a atenção de moradores