Menu
SADER_FULL
quarta, 20 de fevereiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Produção de veículos cresce 17,5% no ano no país e bate novo recorde

8 Set 2010 - 15h23Por Folha Online

A produção de veículos no país cresceu 17,5% no acumulado dos oito primeiros meses do ano na comparação com o mesmo período em 2009, atingindo a fabricação de 2,406 milhões de unidades e batendo novo recorde. A maior marca até então (2,324 milhões) havia sido contabilizada em 2008.

De acordo com os dados divulgados pela Anfavea (associação das montadoras) nesta quarta-feira, em agosto foram produzidos 329.092 automóveis, comerciais leves, ônibus e caminhões, com incremento de 3,4% ante julho e 11,5% no confronto com igual intervalo em 2009, ano que teve o desempenho afetado pelo agravamento da crise econômica mundial.

Essa quantidade representa o segundo maior resultado mensal da série histórica, ficando atrás apenas de março (339,7 mil) e logo à frente de maio (323,9 mil).

Já as exportações tiveram acréscimo de 73,2% no acumulado do ano, totalizando 489.236 veículos. Considerando apenas agosto, as vendas para o mercado externo (65.436) tiveram queda de 1,5% na comparação com o mês passado e expansão de 42,8% em relação a agosto de 2009.

O número de empregados nas montadoras somou ao final do mês passado 114.793 trabalhadores, superando o patamar contabilizado em julho (114.317). Levando em conta também os funcionários em fabricantes de máquinas agrícolas, a indústria empregava 132.978 pessoas, também acima dos 132.011 registrados no mês anterior.

VENDAS

As vendas de veículos novos no país apresentaram expansão de 21,2% em agosto, no confronto com o mesmo intervalo no ano passado, batendo o recorde para o mês com o emplacamento de 312,8 mil unidades. Já no confronto com julho, os licenciamentos cresceram 3,5%.

No acumulado dos oito primeiros meses deste ano, também foi contabilizada uma nova marca, com o emplacamento de 2,195 milhão de veículos, o que representa um acréscimo de 10,1% sobre igual período em 2009, que detinha o recorde até então.

FINANCIAMENTO

Apesar da expansão nas vendas, impulsionada pela oferta de crédito, a taxa de inadimplência na carteira de CDC (Crédito Direto ao Consumidor) para aquisição de veículos pelos consumidores recuou pelo 13º mês consecutivo, atingindo 3,4% em julho, de acordo com o último levantamento da Anef (Associação Nacional das Empresas Financeiras das Montadoras), que engloba todo o mercado.

A análise considera atrasos acima de 90 dias. Em julho do ano passado, a taxa havia sido de 5,3%, ainda como reflexo do agravamento da crise.

Segundo a pesquisa, a taxa média de juros praticada pelos bancos ficou em 1,81% ao mês em julho, com elevação no confronto com junho (1,78%), mas recuo na comparação com o mesmo mês no ano passado (2,01%).

Deixe seu Comentário

Leia Também

BBB 19
Rízia chora por estar acorrentada: 'Vontade de desistir'
LARANJADA
Deputados do PSOL distribuem laranjas na chegada de Bolsonaro à Câmara
AMOR A PROFISSÃO
Pedreira caprichosa viraliza com trabalho detalhista e ganha novos clientes
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
O Boticário apresenta Quasar Brave, venha conferir no O Boticário em Fátima do Sul
SUPERAÇÃO
Jovem que morou 5 anos nas ruas se forma em Direito
FENÔMENO
Maior superlua de 2019 iluminará o céu nesta terça, 19
FAMOSIDADES
Padre sertanejo acusado de ostentação cobra entrada de idosos para assistir programa
ACIDENTE FATAL
Adolescente é atropelada quando levava pai em cadeira de rodas, veja o vídeo
VIOLENCIA DOMESTICA
'Não consigo reconhecê-la', diz irmão de mulher espancada no 1° encontro
O REI ROBERTO CARLOS
Roberto Carlos vestiu rosa e se mostrou contrário a projeto de Jair Bolsonaro