Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 22 de julho de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Procon de MS terá novo sistema de informatização

11 Abr 2007 - 14h00
Mato Grosso do Sul será o primeiro Estado a instalar o Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec), o que deve acontecer no próximo mês. A decisão foi tomada durante o Fórum Nacional dos Procons e uma reunião com o Departamento de Proteção de Defesa do Consumidor (DPDC), órgão do Ministério da Justiça, realizada na semana passada em Brasília.

 

De acordo com o superintendente Wiliam  Brito, o sistema é responsável pela integração em rede das bases de dados usadas pelos Procons de todo o país. “Com esse programa poderemos ter acesso às informações em tempo real do que está acontecendo, não só no nosso órgão, mas também dos outros órgãos integrados ao sistema”, destacou.

 

Já para o consumidor, o principal benefício será a informatização e otimização de todos as etapas do atendimento, que poderá resultar num tempo menor para a resolução de conflitos. A instalação do Sindec no Estado e a capacitação dos funcionários para utilização do programa ocorrem no próximo mês.

 

 

 

Portal do Governo

Deixe seu Comentário

Leia Também

CONCURSOS
Ao menos 12 órgãos abrem inscrições para preencher quase 800 vagas
VICENTINA SENDO REPRESENTADA NO RJ
Vicentina será representada no Internacional de Masters South América de Jiu-jitsu no Rio de Janeiro
POLITICA
'Falar que passa-se fome no Brasil é uma grande mentira', afirma Bolsonaro
NOVELA GLOBAL
Maria da Paz se recusa a enxergar caráter de Josiane em 'A dona do pedaço'
REGIME SEMIABERTO
Goleiro Bruno deve sair da cadeia no fim da tarde desta sexta-feira
CASO RARO
Bezerro de seis patas chama atenção moradores de Santa Helena – Veja Vídeo
MONSTRUOSIDADE
Vizinho é preso suspeito de estuprar e estrangular menina de 8 anos
CASA PRÓPRIA
Recurso de R$ 1 bilhão é destinado ao Minha Casa, Minha Vida
VIDA SAUDÁVEL
Homem mais velho do Brasil falece no Rio de Janeiro
BASTA DE IMPRUDÊNCIA
Enlutada pelas mortes, população deixa faixa contra imprudência na PR-082