Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 21 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Principais hotéis da cidade quase não possuem mais vagas

28 Ago 2007 - 16h36

A cada dia que passa Dourados se destaca mais no cenário econômico estadual. O município que é o segundo maior do Mato Grosso do Sul é considerado pólo educacional conhecido também como cidade universitária, além disso, um dos principais meios de desenvolvimento sócio-econômico da cidade é proveniente do setor de agronegócios.

Essas características da cidade acabam fomentando um outro setor, o do turismo de eventos, gerando em algumas situações superlotação nos principais hotéis da cidade. Só durante essa semana duas universidades de Dourados estão realizando eventos. A Unigran – Universidade da Grande Dourados, que realiza a semana jurídica da instituição e a UFGD – Universidade Federal da Grande Dourados, que está realizado semana acadêmica do curso de Matemática e congresso de Direito trazendo palestrantes de outros Estados.

Segundo Paulo Roberto Teló, empresário do ramo hoteleiro de Dourados, quando existem muitos eventos programados para o mesmo período fica complicado acomodar todos os hóspedes. Para que isso não aconteça ele sugere que o poder público elabore uma agenda cultural para a cidade. Hoje o hotel possui 153 leitos sendo que 70% deles estão ocupados.

“Se a prefeitura elaborasse um cronograma onde pelo menos os principais eventos da cidade estivessem agendados seria muito mais fácil. Essa semana mesmo um time de futebol deixou de se hospedar aqui porque 26 apartamentos estavam ocupados com participantes de um evento organizado pela Embrapa”, salientou Teló.

Dados da Secretaria de Empreendedorismo dão conta que em Dourados estão hoje registrados 26 hotéis, totalizando cerca de 1500 leitos.

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos