Menu
PASSARELA
domingo, 27 de maio de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Primeiro quadrimestre de 2010 foi o mais quente da história

18 Mai 2010 - 15h56Por Dourados News

A agência americana que monitora padrões meteorológicos e oceânicos de todo o planeta (NOAA, na sigla em inglês) divulgou um relatório nesta segunda-feira (17) com valores médios de temperatura registrados nos primeiros quatro meses deste ano em todo o globo e, comparando estes dados com a temperatura média registrada no século passado, chegou à conclusão de que este quadrimestre foi o mais quente da história em vários pontos do planeta.

No entanto, os meteorologistas fazem uma ressalva: por se tratar de um período de análise muito curto, é importante que não confundamos este aquecimento com mudanças climáticas associadas, por exemplo, com a influência do homem. Segundo o meteorologista da Somar, Celso Oliveira, neste último caso, apenas análises de períodos muito longos (alguns séculos) podem identificar alguma variação associada à influência humana.

Fazendo uma comparação com o atual estudo, é como se em um dia tivéssemos uma temperatura máxima de quase 45°C no Rio de Janeiro e afirmássemos que isto foi gerado pelas mudanças climáticas antropogênicas - geradas pelo homem. Um único dado (ou um período de análise muito curto) não pode ser associado como uma mudança climática causada pela ação do Homem. "É correto afirmar que passamos por um aquecimento nestes quatro meses de 2010, mas o termo 'aquecimento global' vem do fato de que a maior parte das estações do globo registraram temperaturas mais elevadas que o normal", diz Celso.

O meteorologista explica que a temperatura do ar é diretamente influenciada pela temperatura da superfície do nosso planeta. E como 75% da superfície nosso planeta é composto pelos oceanos, é possível imaginar que boa parte deste aquecimento do ar aconteceu por causa de alguma mudança da temperatura da água dos oceanos. O Oceano Pacífico, o maior deles, vem de um aquecimento nos últimos meses, fenômeno chamado El Niño. Além disso, outros oceanos, como o Atlântico e Índico também estão mais quentes que o normal e todo este aquecimento acabou influenciando a temperatura do ar em boa parte do globo.

Segundo Celso Oliveira, apesar do atual aquecimento do ar, dificilmente terminaremos o ano com este patamar. Isso porque o Oceano Pacífico está entrando em resfriamento, fenômeno conhecido por La Niña. "Aos poucos, ao longo deste ano, este resfriamento do oceano também resfriará a atmosfera de boa parte do globo", finaliza o meteorologista.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FÁTIMA DO SUL -CHEGOU GASOLINA
Dois caminhões com combustíveis abastece posto e filas enormes se formam em Fátima do Sul
FÁTIMA DO SUL - GREVE DOS CAMINHONEIROS
Sem gás e sem combustíveis, população vive 'pane seca' e situação já é preocupante em Fátima do Sul
GREVE PETROLEIROS
Petroleiros decidem entrar em greve por 72 horas a partir da próxima quarta-feira
MISS BRASIL 2018
Mayra Dias do Amazonas é a Miss Brasil 2018
PARALISAÇÃO
Petroleiros do Pais inteiro anunciam greve "Vamos parar todas as Refinarias"
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Laureta transa com Ícaro e fica encantada
FÁTIMA DO SUL - BUZINAÇO NA AVENIDA
Ao som do Hino Nacional, população e caminhoneiros fazem 'buzinaço' em Fátima do Sul
FÁTIMA DO SUL - FOTO DO DIA
FOTO DO DIA: Carreata dos caminhoneiros vista de cima em Fátima do Sul
FÁTIMA DO SUL - GREVE JÁ PREOCUPA
Situação já preocupa o setor alimentício 'Acendemos a luz vermelha', diz empresário em Fátima do Sul
AGORA - DECISÃO DO PRESIDENTE
#AGORA: Temer aciona Exército 'forças federais' para desbloquear estradas