Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 21 de agosto de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Primeiro quadrimestre de 2010 foi o mais quente da história

18 Mai 2010 - 15h56Por Dourados News

A agência americana que monitora padrões meteorológicos e oceânicos de todo o planeta (NOAA, na sigla em inglês) divulgou um relatório nesta segunda-feira (17) com valores médios de temperatura registrados nos primeiros quatro meses deste ano em todo o globo e, comparando estes dados com a temperatura média registrada no século passado, chegou à conclusão de que este quadrimestre foi o mais quente da história em vários pontos do planeta.

No entanto, os meteorologistas fazem uma ressalva: por se tratar de um período de análise muito curto, é importante que não confundamos este aquecimento com mudanças climáticas associadas, por exemplo, com a influência do homem. Segundo o meteorologista da Somar, Celso Oliveira, neste último caso, apenas análises de períodos muito longos (alguns séculos) podem identificar alguma variação associada à influência humana.

Fazendo uma comparação com o atual estudo, é como se em um dia tivéssemos uma temperatura máxima de quase 45°C no Rio de Janeiro e afirmássemos que isto foi gerado pelas mudanças climáticas antropogênicas - geradas pelo homem. Um único dado (ou um período de análise muito curto) não pode ser associado como uma mudança climática causada pela ação do Homem. "É correto afirmar que passamos por um aquecimento nestes quatro meses de 2010, mas o termo 'aquecimento global' vem do fato de que a maior parte das estações do globo registraram temperaturas mais elevadas que o normal", diz Celso.

O meteorologista explica que a temperatura do ar é diretamente influenciada pela temperatura da superfície do nosso planeta. E como 75% da superfície nosso planeta é composto pelos oceanos, é possível imaginar que boa parte deste aquecimento do ar aconteceu por causa de alguma mudança da temperatura da água dos oceanos. O Oceano Pacífico, o maior deles, vem de um aquecimento nos últimos meses, fenômeno chamado El Niño. Além disso, outros oceanos, como o Atlântico e Índico também estão mais quentes que o normal e todo este aquecimento acabou influenciando a temperatura do ar em boa parte do globo.

Segundo Celso Oliveira, apesar do atual aquecimento do ar, dificilmente terminaremos o ano com este patamar. Isso porque o Oceano Pacífico está entrando em resfriamento, fenômeno conhecido por La Niña. "Aos poucos, ao longo deste ano, este resfriamento do oceano também resfriará a atmosfera de boa parte do globo", finaliza o meteorologista.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TERRENO BALDIO
Moradores passam por terreno e encontram mulher morta
FAMOSIDADES
Anitta procura ex-empresária Kamilla Fialho para selar paz e acordo de quase R$ 10 Milhões
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Luzia rouba R$ 50 mil de Beto
LIDERANÇA
Mesmo ‘atrás das grades’, Lula lidera pesquisa de intenções de voto no país
GLÓRIA DE DOURADOS - SHOWZAÇO
Com 80% dos ingressos já vendidos, show de Paula Fernandes promete em Glória de Dourados
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
As promoções do O Boticário de Fátima do Sul estão imperdíveis, CONFIRA ALGUMAS
NOVELA GLOBAL
Em 'Segundo sol', Luzia promete se vingar de Karola e Laureta: 'Vou acabar com a raça dessas duas'
DOURADOS - ITALÍNEA MÓVEIS PLANEJADOS
DOURADOS: Italínea Móveis Planejados e a promoção 'Casa Nova' destaca a cozinha dos sonhos
FAMOSIDADE - SUSPIROS
Sem calcinha, Juju Salimeni compartilha foto ousada
VICENTINA - ALMOÇO NO PESQUEIRO
Confira o cardápio do delicioso almoço neste domingo no Pesqueiro 7 Bello em VICENTINA