Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 27 de janeiro de 2020
SADER_FULL
Busca
BANNER BET
Brasil

Primeiro-ministro do Haiti pede ajuda ao Brasil

8 Jul 2004 - 14h43
"A estabilidade requer um esforço paralelo de soerguimento da economia haitiana", reconheceu hoje o ministro da Defesa, José Viegas, em reunião com o primeiro- ministro do país, Gerard Latortue, que recebe, desde o início de junho, a primeira missão de paz das Nações Unidas, coordenada pelo Brasil.

"Nós podemos (apoiar o Haiti). Sobretudo se nós formos capazes de ajudar a gerar um movimento junto à comunidade internacional que reúna uma quantidade de dinheiro suficiente para investimentos na economia haitiana", disse Viegas.

Gerard Latortue deu hoje sugestões concretas para a cooperação econômica brasileira. Viegas elogiou as idéias do primeiro-ministro, considerando-as criativas e factíveis. "Por que não fazer? O investimento é muito pequeno", afirmou Viegas, se referindo à idéia de apoiar agroindústrias familiares, como casas de farinha, e para o processamento de sucos de frutas ou goiabada.

"O que me fascina no discurso do primeiro-ministro é que nós não estamos falando de nada grandioso, de grandes investimentos. O soerguimento para gerar empregos nas áreas rurais é onde nós podemos oferecer com mais facilidade o nosso apoio".

Acompanharam Viegas no encontro com o primeiro-ministro haitiano, os ministros da Defesa chileno, Michelli Jeria, e uruguaio, Yamandu Fau. Aos dois parceiros sul-americanos, Latortue fez pedidos semelhantes. "No Brasil, no governo, na sociedade civil, certamente haverá quem encontre ressonância nessas idéias", disse Viegas, ainda em referência às sugestões de Latortue.

A reunião faz parte da visita oficial dos ministros ao país para passar em revista as tropas de seus respectivos países que participam da Missão de Paz da ONU. O atual objetivo da missão é o de colaborar na manutenção da ordem e da segurança no país, abalado por conflitos até fevereiro, quando rebeldes depuseram o então presidente Jean-Bertrand Aristide.
 
 
Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA EM BH 38 MORTES
MG tem 47 cidades em emergência por causa da chuva; 38 morreram
TRAGÉDIA EM BH
Chuva forte provoca 30 mortes, transtornos e alagamentos na Grande BH
ATENTADO
Casa de deputado é atacada com pelo menos 30 tiros de fuzil
SUPERAÇÃO
Ser diagnosticado 5 vezes com câncer em 15 anos não foi capaz de parar campeão paralímpico
SUSTO
Palco de Gusttavo Lima pega fogo durante show em Pernambuco
É MUITO PLÁSTICO
Brasil produz mais de 11 milhões de toneladas de lixo plástico
CASOS RAROS
Duas crianças morrem em uma semana, após sofrer AVC, preocupa classe médica
REALITY SHOW 2020
Participante do BBB20, médica sugeriu que mataria Dilma “em seu plantão”
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Três crianças morrem e uma mulher fica ferida durante incêndio em casarão
ESPORTE 2020
Opção de 'Cashout' atrai apostadores iniciantes