Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 20 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
tráfico de drogas na fronteira

PRF encontra drogas e munições abandonadas em canavial em Ponta Porã

Polícia Rodoviária Federal, em trabalho de monitoramento na região do Posto Capey em Ponta Porã

17 Set 2013 - 07h20Por

A Polícia Rodoviária Federal, em trabalho de monitoramento na região do Posto Capey em Ponta Porã/MS, nesta segunda-feira (16), às 13h, na BR 463, apreendeu 102 quilos de maconha, 21 kg de pasta base de cocaína e 200 munições de fuzil 556 abandonadas em um canavial.

A polícia teve informação de que pessoas estavam desviando por meio dos canaviais da região, tentando burlar a fiscalização. Então foram realizadas rondas nas estradas vicinais locais e em um dos canaviais, próximo ao Posto Capey, foram encontrados abandonados dois pneus de caminhão (montados em suas rodas) e um cilindro de Gás Liquefeito de Petróleo - GLP (botijão de gás de cozinha).

Foram então transportados até uma oficina local, onde foram abertos e encontrados em seus interiores grande quantidade de drogas e de munição de fuzil.

Não foi possível identificar os traficantes proprietários. As mercadorias foram encaminhadas à Polícia Federal em Ponta Porã.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SUPERAÇÃO
Jovem que morou 5 anos nas ruas se forma em Direito
FENÔMENO
Maior superlua de 2019 iluminará o céu nesta terça, 19
FAMOSIDADES
Padre sertanejo acusado de ostentação cobra entrada de idosos para assistir programa
ACIDENTE FATAL
Adolescente é atropelada quando levava pai em cadeira de rodas, veja o vídeo
VIOLENCIA DOMESTICA
'Não consigo reconhecê-la', diz irmão de mulher espancada no 1° encontro
O REI ROBERTO CARLOS
Roberto Carlos vestiu rosa e se mostrou contrário a projeto de Jair Bolsonaro
BRIGA NO PLANALTO
Magoado e traído, Bebianno não vai poupar filho de Bolsonaro
TRÁGICO
Mãe do piloto de Ricardo Boechat morre três dias após o filho
OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa