Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 16 de dezembro de 2018
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Preso indígena acusado de co-autoria em duplo homicídio

27 Jul 2004 - 17h54
O índio Ari Valdez, conhecido como “Caloi” foi preso no início da tarde pela Polícia Civil de Dourados, em uma Destilaria de álcool, no município de Naviraí. Ele está sendo acusado de ter ajudado Reginaldo Vilhaba, o “Cururu" a matar um casal de indígenas na Reserva Indígena de Dourados.

Segundo o delegado o delegado Oduvaldo Viana Pompeu, o crime foi por causa de ciúmes. A vítima teria tido um suposto relacionamento com a mulher de Reginaldo Vilhaba. Sérgio Cabreira, de 15 anos, e a tia dele, Silvia Gonçalves, de 20 anos, foram encontrados degolados na aldeia Bororó, na Reserva Indígena de Dourados, no dia 16 de julho.


Segundo o delegado Pompeu, o indígena Ari Valdez, não negou a co-autoria do crime.
 
RMT Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

ACIDENTE
Criança de dois anos se enforca com a alça da bolsa enquanto brincava em escola
CASO JOÃO DE DEUS
Marina Ruy Barbosa intervém no caso João de Deus e impede uma grande tragédia
PRISÃO DECRETADA
Justiça de Goiás decreta prisão de João de Deus
STARTUPS NO BRASIL JÁ É SUCESSO
O sucesso das startups no Brasil e algumas novas apostas no mercado
REVOLTANTE
Filha de João de Deus diz que foi abusada dos 10 aos 14 anos: 'Meu pai é um monstro'
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Robério beija Marcos Paulo e a agride ao descobrir que ela é trans
DESTAQUE MUNDIAL
Dois brasileiros estão no Top 50: melhores professores do mundo
JUSTIÇA - WHATSAPP
Administradora de grupo no WhatsApp, foi “condenada” á pagar 3 mil por discussão de membros
DICAS DE SERVIÇO DE HOSPEDAGEM NA WEB
Vai criar um blog ou um site?, saiba aqui tudo sobre o serviço de hospedagem
ALERTA NA NET
Golpe no WhatsApp engana usuários ao prometer brindes falsos de Natal