Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 19 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Preso indígena acusado de co-autoria em duplo homicídio

27 Jul 2004 - 17h54
O índio Ari Valdez, conhecido como “Caloi” foi preso no início da tarde pela Polícia Civil de Dourados, em uma Destilaria de álcool, no município de Naviraí. Ele está sendo acusado de ter ajudado Reginaldo Vilhaba, o “Cururu" a matar um casal de indígenas na Reserva Indígena de Dourados.

Segundo o delegado o delegado Oduvaldo Viana Pompeu, o crime foi por causa de ciúmes. A vítima teria tido um suposto relacionamento com a mulher de Reginaldo Vilhaba. Sérgio Cabreira, de 15 anos, e a tia dele, Silvia Gonçalves, de 20 anos, foram encontrados degolados na aldeia Bororó, na Reserva Indígena de Dourados, no dia 16 de julho.


Segundo o delegado Pompeu, o indígena Ari Valdez, não negou a co-autoria do crime.
 
RMT Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

ACIDENTE FATAL
Adolescente é atropelada quando levava pai em cadeira de rodas, veja o vídeo
VIOLENCIA DOMESTICA
'Não consigo reconhecê-la', diz irmão de mulher espancada no 1° encontro
O REI ROBERTO CARLOS
Roberto Carlos vestiu rosa e se mostrou contrário a projeto de Jair Bolsonaro
BRIGA NO PLANALTO
Magoado e traído, Bebianno não vai poupar filho de Bolsonaro
TRÁGICO
Mãe do piloto de Ricardo Boechat morre três dias após o filho
OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário