Menu
LIMIT ACADEMIA
sexta, 19 de outubro de 2018
SADER_FULL
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

Preso indígena acusado de co-autoria em duplo homicídio

27 Jul 2004 - 17h54
O índio Ari Valdez, conhecido como “Caloi” foi preso no início da tarde pela Polícia Civil de Dourados, em uma Destilaria de álcool, no município de Naviraí. Ele está sendo acusado de ter ajudado Reginaldo Vilhaba, o “Cururu" a matar um casal de indígenas na Reserva Indígena de Dourados.

Segundo o delegado o delegado Oduvaldo Viana Pompeu, o crime foi por causa de ciúmes. A vítima teria tido um suposto relacionamento com a mulher de Reginaldo Vilhaba. Sérgio Cabreira, de 15 anos, e a tia dele, Silvia Gonçalves, de 20 anos, foram encontrados degolados na aldeia Bororó, na Reserva Indígena de Dourados, no dia 16 de julho.


Segundo o delegado Pompeu, o indígena Ari Valdez, não negou a co-autoria do crime.
 
RMT Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

RETA FINAL
'Segundo sol': Antes de ir para a cadeia, Luzia pede: 'Continuem procurando por Remy! Ele está vivo!
CASO LETICIA
Adolescente morta a facadas contou a amigos que pai estuprou a tia na sua frente:'Tinha quatro anos'
MOTIVO FUTIL
Camera ajuda na indentificação de Homem que confessa ter matado mulher após falhar na "Hora H"
A CASA CAIU
Rapaz é agredido pelas sete namoradas que descobriram traição
SEGUNDO SOL
Beto confronta Karola: 'Você roubou a vida de outra mulher'
DEFICITÁRIAS
Correios fecham 02 agências no MS e 39 no país
VICENTINA - LEILÃO ELETRÔNICO
Justiça realizará leilão eletrônico de imóveis urbanos e trator de VICENTINA
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Conclusão do Comperj deve gerar 8 mil vagas em 2019
LUTO NO JORNALISMO
Morre Gil Gomes, jornalista policial, aos 78 anos, em São Paulo
SELEÇÃO BRASILEIRA
Brasil vence a Argentina com gol de Miranda nos acréscimos e conquista o Superclássico