Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 22 de janeiro de 2020
SADER_FULL
Busca
BANNER BET
Brasil

Preso indígena acusado de co-autoria em duplo homicídio

27 Jul 2004 - 17h54
O índio Ari Valdez, conhecido como “Caloi” foi preso no início da tarde pela Polícia Civil de Dourados, em uma Destilaria de álcool, no município de Naviraí. Ele está sendo acusado de ter ajudado Reginaldo Vilhaba, o “Cururu" a matar um casal de indígenas na Reserva Indígena de Dourados.

Segundo o delegado o delegado Oduvaldo Viana Pompeu, o crime foi por causa de ciúmes. A vítima teria tido um suposto relacionamento com a mulher de Reginaldo Vilhaba. Sérgio Cabreira, de 15 anos, e a tia dele, Silvia Gonçalves, de 20 anos, foram encontrados degolados na aldeia Bororó, na Reserva Indígena de Dourados, no dia 16 de julho.


Segundo o delegado Pompeu, o indígena Ari Valdez, não negou a co-autoria do crime.
 
RMT Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

ABSURDO - BRASIL
Homem morre em motel durante relação sexual com a filha
VAMOS AJUDAR - COMPARTILHE
Família oferece recompensa de R$ 5 mil a quem encontrar idoso desaparecido
SANGUE FRIO
Marido que ficou em desespero ao saber da morte da esposa é preso e confessa o crime
TRAIÇÃO
Mulher flagra marido com novinha e a faz andar pelada na rua
ENCONTRO ACABA EM MORTE
Moça que foi estuprada e assassinada saiu de casa para se encontrar com um amigo
RAÇA ASSASSINA
Rottweiler mata doze bezerros em propriedade rural
TRAGEDIA NA RODOVIA
Grave acidente envolve três caminhões e um carro na PR 180; uma pessoa morreu
FÁTIMA DO SUL - NESTA QUARTA-FEIRA
Esclarecimentos sobre porte de armas e suas aquisições acontece nesta quarta-feira em Fátima do Sul
ESTUDANTES
Estudantes podem se inscrever no Sisu a partir desta terça-feira
TECNOLOGIA
Clientes de bancos digitais vão poder sacar dinheiro em padarias e supermercados