Menu
LIMIT ACADEMIA
sexta, 19 de outubro de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Presídio de Dourados é o que mais sofre com a superlotação

24 Jul 2004 - 08h39

O presídio de Dourados Harry Amorim Costa que possui a maior capacidade de lotação do Mato Grosso do Sul é o que mais sofre com o problema da superlotação. Com capacidade para 538 detentos, o presídio abriga hoje a 1251 pessoas, segundo dados da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário).

A prioridade da Agência, no entanto, é retirar os presos das delegacias da cidade. Para tanto já está em fase de licitação a construção da Cadeia Pública de Dourados. O projeto partiu do Departamento Penitenciário Nacional, no Ministério da Justiça e está orçado em R$ 7,8 milhões, segundo Telles.

Quanto ao problema de superlotação no Presídio Harry Amorim, que possui hoje excedente de 713 detentos, o diretor da Agepen se atém a comemorar o número de detentos trabalhando: “hoje temos quase 700 detentos desenvolvendo atividades no presídio, o que diminui o stress causado pela superlotação”. Se não é a solução, o trabalho pode ser uma boa alternativa, aponta o diretor.

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

RETA FINAL
'Segundo sol': Antes de ir para a cadeia, Luzia pede: 'Continuem procurando por Remy! Ele está vivo!
CASO LETICIA
Adolescente morta a facadas contou a amigos que pai estuprou a tia na sua frente:'Tinha quatro anos'
MOTIVO FUTIL
Camera ajuda na indentificação de Homem que confessa ter matado mulher após falhar na "Hora H"
A CASA CAIU
Rapaz é agredido pelas sete namoradas que descobriram traição
SEGUNDO SOL
Beto confronta Karola: 'Você roubou a vida de outra mulher'
DEFICITÁRIAS
Correios fecham 02 agências no MS e 39 no país
VICENTINA - LEILÃO ELETRÔNICO
Justiça realizará leilão eletrônico de imóveis urbanos e trator de VICENTINA
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Conclusão do Comperj deve gerar 8 mil vagas em 2019
LUTO NO JORNALISMO
Morre Gil Gomes, jornalista policial, aos 78 anos, em São Paulo
SELEÇÃO BRASILEIRA
Brasil vence a Argentina com gol de Miranda nos acréscimos e conquista o Superclássico