Menu
SADER_FULL
sexta, 17 de janeiro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
BANNER BET
Brasil

Presídio de Dourados é o que mais sofre com a superlotação

24 Jul 2004 - 08h39

O presídio de Dourados Harry Amorim Costa que possui a maior capacidade de lotação do Mato Grosso do Sul é o que mais sofre com o problema da superlotação. Com capacidade para 538 detentos, o presídio abriga hoje a 1251 pessoas, segundo dados da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário).

A prioridade da Agência, no entanto, é retirar os presos das delegacias da cidade. Para tanto já está em fase de licitação a construção da Cadeia Pública de Dourados. O projeto partiu do Departamento Penitenciário Nacional, no Ministério da Justiça e está orçado em R$ 7,8 milhões, segundo Telles.

Quanto ao problema de superlotação no Presídio Harry Amorim, que possui hoje excedente de 713 detentos, o diretor da Agepen se atém a comemorar o número de detentos trabalhando: “hoje temos quase 700 detentos desenvolvendo atividades no presídio, o que diminui o stress causado pela superlotação”. Se não é a solução, o trabalho pode ser uma boa alternativa, aponta o diretor.

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

A CASA CAIU
Mulher acha que marido morreu, busca detetive e descobre traição: 'Agora é ex'
LUTO - IASD
Morre primeiro líder máster de desbravadores investido no Brasil
OVNI OU SATÉLITE?
Objetos não identificados no céu chamam a atenção de moradores
SANGUE FRIO
Homem mata desafeto e continua vendendo picolé nas ruas da cidade
PERIGO DA NARGUILÉ
Jovem contrai doença após fumar narguilé e alerta: 'Abandonem essa porcaria'
100 CULTURA
Escola joga pela janela livros que recebeu como doação
EMPREGADO
Jovem que salvou criança de ataque de pitbull consegue emprego
DINHEIRO NA PRAÇA
Começa hoje o pagamento de abono salarial do PIS-Pasep
ALERTA GERAL
EUA emitem alerta para que turistas evitem visitar cidades de MS e outros locais do Brasil
CONTRABANDO
Polícia apreende cinco mil agulhas de tatuagem na fronteira do Brasil com Paraguai