Menu
SADER_FULL
terça, 17 de julho de 2018
PASSARELA
Busca
DR. SHAPE
Brasil

Presidente da Assomasul lidera prefeitos à Brasilia

8 Dez 2004 - 11h14
O presidente da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), Waldeli dos Santos Rosa (PMDB), lidera caravana de prefeitos que encontra-se hoje em Brasília para cobrar aprovação da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que prevê aumento do repasse do FPM (Fundo de Participação dos Municípios).

De acordo com o diretor-executivo da Assomasul, Sebastião Nunes da Silva, pelo menos 13 prefeitos do Estado integram a comitiva, a qual é composta por 20 pessoas, incluindo representantes dos municípios.

A aprovação, pelo Congresso, da emenda constitucional que eleva em um ponto percentual (de 22,5% para 23,5%) o repasse do FPM está sendo vista como a saída para o problema. Mas a medida, que precisa ser regulamentada até o dia 10 de dezembro, ainda não tem data definida para ser votada, conforme o presidente da entidade.

O governo federal destina para o FPM 22,5% do que arrecada com o IR (Imposto de Renda) (IR) e com o IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados). Desde o ano passado, os prefeitos de todo o País tentam elevar esse percentual para 23,5%.

Para os prefeitos, esses recursos seriam utilizados no pagamento da folha de pessoal e no equilíbrio das contas públicas que porventura ainda estiverem pendentes.

A emenda, no entanto, precisa estar regulamentada até o início do próximo mês. A má notícia é que existem medidas provisórias trancando a pauta de votação da reforma tributária, na qual a elevação do percentual está incluída.

Na mobiliação de hoje, a CNM (Confederação Nacional de Municípios) espera a participação de pelo menos 2 mil prefeitos de todo o país. A intenção é convencer os parlamentares a aprovar a PEC que aumenta o FPM, o que daria verba adicional de R4 1,2 bilhão para distribuição entre as prefeituras brasileiras.

Para Mato Grosso do Sul, o montante representa algo em torno de R$ 15 milhões, conforme o presidente da Assomasul.

Integram a caravana os prefeitos de Amambai, Wilson Otano Nunes (PP), de Brasilândia, Marilza Rodrigues do Amaral (PTB), de Ivinhema, Néri Kuhnen (PDT), de Nova Andradina, Roberto Hashioka (PL), de Nova Alvorada do Sul, Vanildo Leão (PMDB), de Jateí, Eraldo Jorge Leite (PL), de Itaquiraí, Edson Vieira (PL), e o prefeito eleito de Angélica, João Donizete Cassuci (PDT).
 
 
Mídia Max News

Deixe seu Comentário

Leia Também

GRANA
Governo antecipa primeira parcela do 13º de aposentados e pensionistas
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Severo é preso e humilha Roberval
FUTEBOL PELO MUNDO
Real Madrid se recusa a permitir que Vinícius Júnior permaneça no Flamengo até o final de 2018
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Luzia descobre que seu filho com Beto não morreu
CONCURSOS - OPORTUNIDADES
Concurso: 13 órgãos abrem as inscrições para 1,9 mil vagas nesta segunda
FOI SALVAR O MELHOR AMIGO
Jovem morre afogado após pular em rio para tentar salvar cachorro
EDUCAÇÃO - FIES - INSCRIÇÕES
Fies abre inscrições nesta segunda com 155 mil vagas para 2º semestre
BOA NOTICIA
Preço da gasolina nas refinarias cai para R$ 1,997
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Karola vira escrava sexual de Remy
BRIGA DE RUA
Homem morre pendurado em grade