Menu
SADER_FULL
segunda, 12 de novembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

Presa a quadrilha que matava 200 pessoas por ano em PE

12 Abr 2007 - 13h25

A Polícia Federal prendeu, nesta quinta-feira (12), em Pernambuco, pelo menos 20 suspeitos de envolvimento com um grupo de extermínio que matava cerca de 200 pessoas por ano. A Operação Aveloz começou de madrugada e conta com o apoio da Polícia Militar. Pistoleiros, policiais e empresários fariam parte da quadrilha.

A PF cumpre cerca de 30 mandados de prisão e 50 mandados de busca e apreensão em Pernambuco. Duzentos policiais federais de seis estados participam da ação.

Saiba mais

Segundo as investigações, o grupo agia há pelo menos cinco anos e pode ser responsável por mais de 1.000 assassinatos. O esquema era semelhante ao de uma empresa especializada em homicídios: a quadrilha cobrava de R$ 1.000 a R$ 5.000 por cada morte encomendada. Empresários e agiotas seriam os principais clientes dos pistoleiros, que já teriam cometido crimes em Pernambuco, Pará e Alagoas.

A PF diz que os policiais envolvidos com o grupo adulteravam cenas de homicídios, dificultando as perícias e a elucidação dos assassinatos.

 Crimes

Os presos podem ser indiciados pelos crimes de homicídio, formação de quadrilha e tráfico de armas e drogas. Se condenados, as penas dos integrantes podem variar entre três e 30 anos de prisão.

O nome da operação, Aveloz, vem de uma planta típica do Agreste e Sertão nordestinos. O aveloz tem uso fitorerápico e, segundo a cultura popular, serviria para a cura de câncer.

 

 

G1

Deixe seu Comentário

Leia Também

CONSTRANGIMENTO
Claudia Leitte quebra silêncio e desabafa sobre polêmica com Silvio Santos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Concursos oferecem mais de 1 mil vagas e salários de até R$ 6,6 mil
NOVA EQUIPE
Bolsonaro intensifica processo de transição esta semana em Brasília
ESPORTE EM TOUROS
VÍDEO: Peão de MS morre após ser pisoteado por touro em rodeio no interior de SP
ULTIMO CAPITULO
Globo exibe último capítulo de Segundo Sol e assunto bomba
DE GLÓRIA DE DOURADOS PARA O MUNDO
Ana Karla é convidada especial da Hyundai para um talk show neste sábado em São Paulo
1ª INDIGENA NO GOVERNO
Índia da equipe de Jair Bolsonaro já atuou com Cauã Reymond e foi moradora de rua
FINAL DE NOVELA
Valentim beija Rosa em gravação que vai ao ar no fim de 'Segundo sol'; veja mais detalhes
MS CONTEMPLADO
Tereza Cristina Dias do MS é confirmada para ser ministra
EFEITO CASCATA
Bolsonaro vê com 'preocupação' aumento para ministros do STF