Menu
SADER_FULL
sexta, 14 de dezembro de 2018
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
DOURADOS

Prefeitura inicia campanha de adequação das calçadas de Dourados

12 Jul 2010 - 06h15Por Fátima News com Assecom

A Prefeitura de Dourados iniciou na semana passada uma campanha de conscientização sobre a adequação das calçadas para facilitar a acessibilidade. A Semsur (Secretaria Municipal de Serviços Urbanos) está distribuindo folhetos educativos, além de fazer a divulgação na mídia para que as pessoas entendam e colaborem com a Lei de Acessibilidade.

Por enquanto é só uma campanha de conscientização, mas nos próximos dez dias a prefeitura vai começar a notificar os proprietários de dois mil imóveis da área central de Dourados, além dos imóveis em qualquer outro bairro da cidade que esteja em construção ou em reforma. A notificação cumpre exigência do Ministério Público.

Após a notificação, os proprietários terão pelo menos seis meses de prazo para adequar as calçadas conformes normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). O objetivo é melhorar a acessibilidade de deficientes físicos e idosos. As calçadas deverão ter rampas de acesso e piso tátil. Além disso, as calçadas ainda deverão ficar livres de placas, cadeiras e mesas.

De acordo com a arquiteta da Semsur Ana Rose Vieira, o prazo para adequação vai começar a valer a partir do momento em que o proprietário receber a notificação que está sendo preparada pela prefeitura. A exigência para adequação das calçadas partiu do MPE, em cumprimento à Lei de Acessibilidade. "O MPE também deu um prazo para a prefeitura notificar os moradores, caso contrário o município também pode sofrer sanções", lembra Ana Rose.

De acordo com a arquiteta, a reunião com o MPE aconteceu em janeiro deste ano, quando o órgão solicitou um cronograma de adequação à acessibilidade e a notificação dos proprietários de imóveis.

Nesta primeira etapa serão notificados os proprietários de imóveis localizados entre as ruas Floriano Peixoto e Ediberto Celestino de Oliveira e Joaquim Teixeira Alves e Oliveira Marques. Posteriormente serão atingidos outros bairros. A falta de cumprimento da exigência vai resultar em multa aos proprietários dos imóveis.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA - WHATSAPP
Administradora de grupo no WhatsApp, foi “condenada” á pagar 3 mil por discussão de membros
DICAS DE SERVIÇO DE HOSPEDAGEM NA WEB
Vai criar um blog ou um site?, saiba aqui tudo sobre o serviço de hospedagem
ALERTA NA NET
Golpe no WhatsApp engana usuários ao prometer brindes falsos de Natal
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Luz passa mal ao abraçar e beijar a mãe pela primeira vez
FURACÃO
Atlético-PR ganha nos penaltis e é campeão da Sul-Americana
PROVAS ROBUSTAS
PF apreende R$ 2 milhões em busca em endereços de Aécio e aliados de Temer
INCREDIBILIDADE
Um Governo ficha-suja: mais da metade dos ministros estão enrolados
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Aranha descobre marca de pata de gato de Gabriel, tira foto e conta aos guardiã
SUSTO
Celular pega fogo no bolso da calça e deixa homem com queimaduras na perna e mãos
PROCURADO
Com prisão decretada desde setembro, Dado Dolabella é considerado foragido da Justiça