Menu
SADER_FULL
sábado, 23 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
DOURADOS

Prefeitura inicia campanha de adequação das calçadas de Dourados

12 Jul 2010 - 06h15Por Fátima News com Assecom

A Prefeitura de Dourados iniciou na semana passada uma campanha de conscientização sobre a adequação das calçadas para facilitar a acessibilidade. A Semsur (Secretaria Municipal de Serviços Urbanos) está distribuindo folhetos educativos, além de fazer a divulgação na mídia para que as pessoas entendam e colaborem com a Lei de Acessibilidade.

Por enquanto é só uma campanha de conscientização, mas nos próximos dez dias a prefeitura vai começar a notificar os proprietários de dois mil imóveis da área central de Dourados, além dos imóveis em qualquer outro bairro da cidade que esteja em construção ou em reforma. A notificação cumpre exigência do Ministério Público.

Após a notificação, os proprietários terão pelo menos seis meses de prazo para adequar as calçadas conformes normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). O objetivo é melhorar a acessibilidade de deficientes físicos e idosos. As calçadas deverão ter rampas de acesso e piso tátil. Além disso, as calçadas ainda deverão ficar livres de placas, cadeiras e mesas.

De acordo com a arquiteta da Semsur Ana Rose Vieira, o prazo para adequação vai começar a valer a partir do momento em que o proprietário receber a notificação que está sendo preparada pela prefeitura. A exigência para adequação das calçadas partiu do MPE, em cumprimento à Lei de Acessibilidade. "O MPE também deu um prazo para a prefeitura notificar os moradores, caso contrário o município também pode sofrer sanções", lembra Ana Rose.

De acordo com a arquiteta, a reunião com o MPE aconteceu em janeiro deste ano, quando o órgão solicitou um cronograma de adequação à acessibilidade e a notificação dos proprietários de imóveis.

Nesta primeira etapa serão notificados os proprietários de imóveis localizados entre as ruas Floriano Peixoto e Ediberto Celestino de Oliveira e Joaquim Teixeira Alves e Oliveira Marques. Posteriormente serão atingidos outros bairros. A falta de cumprimento da exigência vai resultar em multa aos proprietários dos imóveis.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico
REFORMA DA PREVIDÊNCIA
Aposentadoria é para viver, não para receber só à beira da morte
CHANTAGEM
Ladrões invadem estabelecimentos, obrigam funcionárias a tirarem a roupa, filmam e extorquem vítimas
FORAGIDO
Atirador invade escritório de advocacia e mata duas pessoas
BBB 19
Rízia chora por estar acorrentada: 'Vontade de desistir'