Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 21 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Prefeitura de Caarapó amplia CMEI Dona China

13 Jul 2007 - 16h36

A prefeitura de Caarapó, através da Secretaria de Obras, está concluindo a ampliação e reforma do Centro de Educação Infantil “Dona China”, localizado na Vila 70, na sede do Município. As obras são realizadas com recursos próprios e mais uma doação de R$ 50 mil da empresa Agrenco do Brasil. A previsão de entrega dos serviços é para o fim deste mês.

 

Segundo o chefe do Departamento de Obras e Serviços Urbanos, Jorge Tadeu Lopes, a área construída é de 268 m², compreendendo uma secretaria, uma sala de reunião para professores, duas salas de aula e dois banheiros. Também foram construídos 198m² de muro, 742 m² de calçada, uma grade de proteção com 24 m de comprimento, além de ampliação do parque infantil.

 

Além dos serviços de ampliação, o atual Cemei Dona China, que possui uma área de 584 m², passou por uma reforma completa, com pintura, instalação elétrica e colocação de azulejos.

 

Atualmente, o Centro Educacional Infantil Dona China atende 154 crianças na faixa etária de 0 a 6 anos, sendo de 0 a 3 atendimento integral (98) e de 3 a 6 anos pré-escola nos turnos matutinos e vespertinos (56). Com a ampliação, o Cemei passará a atender mais 60 crianças que já estão na fila de espera.

 

A administração municipal também adquiriu mais 20 berços com colchões, 45 cobertores, 2 mesas com bancos para refeitório, 45 colchonetes, 1 bebedouro,  além de cobertores, ededrons, cortinas, brinquedos e materiais pedagógicos. O Cemei Dona China conta com uma equipe de 25 funcionários, entre administrativos e ajudantes de serviços gerais. responde pelo cargo de diretora a professora Rosivani Vera Sanches Góes.

 

O prefeito Mateus Palma de Farias (PR) destacou que a educação tem sido uma de suas prioridades administrativas. “A ampliação do Cemei Dona China, além de dar melhores  condições de trabalho aos nossos servidores, também irá aumentar o atendimento da demanda que existe nesta área”, concluiu.

 

 

Fátima News

Deixe seu Comentário

Leia Também

GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos