Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 22 de julho de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Prefeitos temem não sustentar piso salarial dos professores

8 Mai 2007 - 17h46

Em audiência pública na CE (Comissão de Educação) da Câmara dos Deputados, nesta tarde de terça-feira (dia 8), o representante da CNM (Confederação Nacional de Municípios) revelou que os prefeitos temem não sustentar o reajuste que fixa em R$ 850,00 o piso nacional dos professores.

O presidente da CNM, Paulo Ziulkoski afirmou durante a reunião com os deputados, que a PL 619/07 cria dificuldades financeiras para estados e municípios sem no entante assegurar recursos para o cumprimejto da obrigação de aumentar o salário.

Membro titular da CE, o deputado federal Antônio Carlos Biffi (PT-MS), explicou que o projeto, do Poder Executivo, fixa em R$ 850,oo o piso salarial nacional dos professores do ensino básico.

Já Ziulkoski acrescentou que, atualmente, 92% dos municípios brasileiros podem cumprir o valor de R$ 850,00 para 40 horas semanais, como estabelece o projeto. O problema, segundo ele, refere-se aos futuros reajustes desse valor.

Números

Na Comissão de Educação, o dirigente disse que a lógica atual do pacto federativo "é de 'prefeiturização' dos serviços", o que segundo ele implica "a simples transferência de atribuições da União para os municípios combinada com a retirada de recursos".

Para exemplificar o volume de despesas das administrações municipais, Ziulkoski disse que, no setor da saúde, o número de servidores pulou de 43 mil, em 1986, para 832 mil em 2005. Organizada pela Comissão de Educação e Cultura , a discussão sobre o projeto continua no plenário 10.

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOENÇA DO SÉCULO
Jovem que se jogou da ponte foi encontrado por pescador
MUITO TRISTE
Adolescente perde luta para o câncer e comove toda cidade
TRAGÉDIA
Neto de empresário de transportes morre atropelado por funcionário
CRUELDADE
Criança que estava desaparecida é encontrada morta. Padrasto confessou o crime
BARBÁRIE
Apos perder filha com câncer professora envolve com drogas e é assassinada
DESEMPREGO
Toyota anuncia fim do terceiro turno e demissões em Sorocaba e Porto Feliz
ABUSO SEXUAL
Famílias de jovens abusados sexualmente em estação fazem acordo com Supervia
NOVELA GLOBAL
Em 'A dona do pedaço', Lyris ameaça Agno e faz escândalo dizendo que ele é gay
FAMOSIDADES
Mulher de Eduardo Bolsonaro desativa conta no instagram em meio a polêmica com o marido
CONCURSOS
Ao menos 12 órgãos abrem inscrições para preencher quase 800 vagas