Menu
SADER_FULL
sábado, 20 de abril de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Prefeito interino deve asfastar 30 comissionados de Cassilândia

15 Mai 2007 - 09h19
Pelo menos trinta ocupantes de cargos comissionados na Prefeitura de Cassilândia devem ser afastados dos cargos, caso o vereador Baltazar Soares Silva (PSDB) permaneça interinamente a frente da administração até sexta-feira (18). Silva diz que de outra forma a continuidade seria insustentável.

Baltazar Soares Silva assumiu a prefeitura de Cassilândia no dia 19 de abril, depois que o titular, José Donizete Ferreira de Freitas (PT) foi afastado do cargo, conforme determinação judicial, que atendeu pedido formulado pelo Ministério Público Estadual (MPE). Freitas e mais 14 pessoas foram denunciadas pelo ministério por participação de esquema milionário de fraude, que envolve superfaturamento em licitações e agiotagem com dinheiro público.

Na primeira semana na função, Silva suspendeu o pagamento imediato dos fornecedores, até que pudesse calcular o tamanho do rombo e acreditando que o recurso impetrado por José Donizete pudesse surtir algum efeito. O Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ/MS) não avaliou o pedido, alegando que a decisão poderia aguardar julgamento do mérito. Com isso, o TJ manteve a cassação.

“Estou sozinho aqui, não tenho uma equipe, está se tornando humanamente impossível”, diz Baltazar Silva, explicando que os cargos mais próximos são formados por comissionados escolhidos pelo prefeito e vice-prefeito, ambos afastados. “Tenho três problemas: funcionário que não quer se aproximar por ser amigo dele [Donizete]; funcionário que não quer que dê certo e os que simplesmente não gostam de mim”, diz Silva. Segundo ele, pelo menos 30% dos 150 comissionados estão nestas categorias.

Silva diz que se até sexta-feira (18), quando se completará um mês de gestão interina, ele permanecer no cargo, a saída será afastar estes 30% para que forme uma equipe própria.

A Operação Judas apurou esquema  de desvio de pelo menos R$ 4 milhões. Os acusados já foram denunciados ao Judiciário por peculato, lavagem de dinheiro, crime contra licitação e ordenação de despesa não-autorizada.

 

RMT Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - DICA AGÊNCIA ECO TOUR
Confira agora os 5 passeios mais românticos de Bonito (MS)
EM ÁUDIO VAZADO
Em áudio, Onyx diz que governo deu 'uma trava na Petrobras', caminhoneiros podem ficar sossegados
EMOÇÃO E RECOMEÇO
Mãe e filho se reencontram em hospital após desabamento de prédios
ACIDENTE FATAL
Três morrem em explosão provocada por vazamento de botijão de gás
NOVA PARALISAÇÃO
Ala dividida de caminhoneiros falam em greve no próximo dia 29 em todo o Brasil
CAMPO BELO RESORT - PARAÍSO É AQUI
Com noite Árabe e Italiana, PACOTE do dia 03 a 05 de maio já disponível para o Campo Belo Resort
NEGLIGÊNCIA FUNCIONAL
Menino de 12 anos foge de casa, burla esquema de segurança e embarca em avião
DEU RUIM
Vítima reage e mata assaltante que tentava roubar camioneta em Toledo – ASSISTA VÍDEO
PAI MONSTRO
Pai é preso suspeito de estuprar e engravidar a filha de 11 anos
15 METROS DE ALTURA
MILAGRE – Menina de um ano que caiu do 4º andar de prédio não sofreu nenhuma fratura