Menu
SADER_FULL
terça, 18 de setembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Prefeito eleito de Paranaíba poderá ter candidatura cassada

10 Nov 2004 - 14h41
 

O procurador Blal Yassine Dalloul, do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul, concedeu parecer favorável à cassação das candidaturas do prefeito eleito de Paranaíba em 3 de outubro, Manoel Roberto Ovídio, e do vice José Garcia de Freitas (ambos do PL). O parecer contempla recurso impetrado no TRE pela coligação “A Força de Paranaíba”, liderada pelo PT, em relação à ação de investigação judicial eleitoral nº 041/2004, pelos crimes de abuso do poder econômico e captação de sufrágios. O juiz Aluízio Pereira dos Santos (13ª Zona Eleitoral de Paranaíba) havia negado o pedido de cassação, mesmo reconhecendo os crimes, aplicando multas no total de R$ 90 mil.

Discordando da sentença, “A Força de Paranaíba” recorreu ao TRE, com o argumento de que Manoel Ovídio teria praticado inúmeros exemplos de abuso de poder econômico, ou compra de votos, entre os quais patrocínios de eventos e doações de presentes e alimentos aos eleitores. No último dia 8, o procurador Blal Yassine acatou o recurso e determinou a cassação dos registros de Manoel Ovídio e José Garcia, e a declaração de inelegibilidade de ambos por três anos a partir de 3 de outubro. Ele considerou que o juiz da 13ª Zona Eleitoral errou ao reconhecer os crimes e não sentenciar pela cassação, como determina a Legislação Eleitoral para esses casos.

Conforme as palavras do procurador, constantes no parecer, “nem de longe essa solução simplória [multas totalizando R$ 90 mil] pode ser aceita no caso dos investigados. Despejaram eles recursos em eventos; doaram milhares de brinquedos; enfim, mostraram e clamaram poder para depois receber a fatura nas urnas. É desigual e imoral aceitar esse expediente”. Para o advogado da coligação “A Força de Paranaíba”, Afonso Wander dos Santos, autor do recurso, o entendimento do procurador reconhece uma injustiça que prejudicou gravemente o processo eleitoral em Paranaíba. O parecer será voltado pelo TRE na próxima terça-feira, dia 16.

 

Dourados News

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSIDADES
Justiça condena Deborah Secco por desvio de dinheiro público
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Severo vai morar com mendigos e vira vizinho de Agenor
CLUELDADE
Por mãe estar sem o celular, ladrão dá facada em bebê de 3 meses
ECONOMIA
Mercado financeiro já trabalha para traçar cenários sem Bolsonaro
PROCURA-SE
Adolescente desaparece e família recebe ligação misteriosa
TRAGÉDIA
Jovens irmãos morrem em grave acidente; caminhonete chegou a se partir ao meio
FAMOSIDADES
Justiça decreta prisão de Dado Dolabella por insulto à ex mulher
MAIS UM ACIDENTE FATAL
Vítimas de acidente na tarde de ontem, domingo eram pai e filha
FINANCIMENTO OU EMPRÉSTIMO
Entenda como fazer um financiamento ou empréstimo pessoal
ELEIÇÕES 2018 - NO HOSPITAL
"Haddad eleito daria indulto a Lula", diz Bolsonaro