Menu
SADER_FULL
sexta, 25 de maio de 2018
PASSARELA
Busca
DR. SHAPE
Brasil

Prefeito diz que contas do Fundef estão aprovadas pelo TC

14 Jul 2004 - 16h14
O Prefeito de Maracaju Reinaldo Azambuja Silva, relatou que já está movendo uma queixa crime de calúnia, difamação e injúria, no Fórum da Vara Criminal da Comarca de Maracaju, contra o Presidente do Simtrema (Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Maracaju) Antonio Carlos de Melo, o Professor Alemão.
Quanto à denúncia protocolada ao MPF (Ministério Público Federal) contra a prefeitura de Maracaju alegando aplicação de forma irregular os recursos do Fundef (Fundo de Manutenção do Ensino Fundamental e Valorização do Magistério) e que o município não teria demonstrado a aplicação do percentual de 25% da receita orçamentária própria no setor de educação, Reinaldo Azambuja salientou que o presidente do Simtrema terá que provar as denúncias, "as nossas contas estão todas aprovadas pelo tribunal de contas". Finalizou o Prefeito.
 
 
Dourados Agora

Deixe seu Comentário

Leia Também

FÁTIMA DO SUL - GASOLINA ACABANDO
Filas enormes se formam no único posto que tem gasolina e vai atender a noite toda em Fátima do Sul
EXCLUSIVO - GREVE DOS CAMINHONEIROS
EXCLUSIVO: Governo e caminhoneiros chegam a acordo para trégua de 15 dias
FÁTIMA DO SUL - FOTO DO DIA
FOTO DO DIA: Fotógrafo registra de cima, produtores e apoiadores aos caminhoneiros em Fátima do Sul
GREVE DOS CAMINHONEIROS
'Governo Federal está jogando para os estados problema da greve dos caminhoneiros', diz Reinaldo
CRUELDADE
Pastor abusou, agrediu e matou filho e enteado carbonizados
DO CONTRA
Homem enfrenta caminhoneiros com motosserra em rodovia; veja o vídeo
GREVE CAMINHONEIROS
Posto do Pina que cobrou R$ 8,99 pelo litro da gasolina é interditado
DEODÁPOLIS - PONTOS FECHADOS
Em Deodápolis, acessos a Presidente Castelo (MS 145) e Dourados (MS 276) estão bloqueados
NOVELA GLOBAL
“Segundo Sol”: Roberval dá golpe em Laureta e rouba joias
MOVIMENTO DOS CAMINHONEIROS
Caminhoneiros fecham acesso à Dourados pela 10ª Linha em Deodápolis