Menu
SADER_FULL
domingo, 16 de junho de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Prefeito de MS punido por crime ambiental no Paraguai

7 Ago 2004 - 10h29
O prefeito de Sete Quedas, Paulo Ferreira de Souza (PFL) está com mandato de prisão expedido contra ele no Paraguai, informa o jornal paraguaio ABC Color. Segundo a publicação, a medida é decorrência do desmatamento sem autorização do Serviço Florestal Nacional, de 620 hectares de um bosque de sua propriedade. A prisão, segundo o jornal, foi pedida pelo Ministério Público do Paraguai, que o acusa de cometer grave crime ambiental. Conforme a denúncia, o prefeito também teria de pagar R$ 12,5 mil ao serviço florestal do país. Procurado pela nossa reportagem, o prefeito admitiu ter cometido crimes ambientais na região, mas negou que estaria sendo pedida sua prisão. Paulo Ferreira ressaltou que vai pedir judicialmente a retratação das notícias envolvendo o caso, veiculadas nos últimos dias pelo jornal ABC Color, do Paraguai, e Liberal, de Mundo Novo.
 
 
 
 
 
Campo Grande News

Deixe seu Comentário

Leia Também

MULHER DO PRESIDENTE
Esposa de Jair Bolsonaro cai na internet, fotos íntimas são exibidas e todos ficam sem acreditar
DOURADOS - MANIFESTAÇÕES
Dono da Havan manda 'recado' a manifestantes após protesto em frente a loja de Dourados
VENENOSA
Agricultor é picado por cobra jararaca
FORÇA DE VONTADE
Advogado que pedia emprego na rua é contratado e ganha pós-graduação
CASO DE POLÍCIA
Filho mata a mãe e rouba seu cartão para comprar cocaína
EQUIPARADO AO RACISMO
Agora Homofobia é crime, STF criminaliza
DOENÇA DO SÉCULO
Jovem de 19 anos com depressão comete suicídio e choca cidade
REVOLTANTE
Filho é preso por ficar com aposentadoria e manter pais idosos morando em situação de miséria
BARBÁRIE
Nus e amarrados, corpos de três jovens são encontrados mortos em matagal
CAMPANHA DO AGASALHO
Escola Adventista se destaca na campanha do agasalho e leva prêmios