Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 15 de dezembro de 2018
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Prefeito de MS punido por crime ambiental no Paraguai

7 Ago 2004 - 10h29
O prefeito de Sete Quedas, Paulo Ferreira de Souza (PFL) está com mandato de prisão expedido contra ele no Paraguai, informa o jornal paraguaio ABC Color. Segundo a publicação, a medida é decorrência do desmatamento sem autorização do Serviço Florestal Nacional, de 620 hectares de um bosque de sua propriedade. A prisão, segundo o jornal, foi pedida pelo Ministério Público do Paraguai, que o acusa de cometer grave crime ambiental. Conforme a denúncia, o prefeito também teria de pagar R$ 12,5 mil ao serviço florestal do país. Procurado pela nossa reportagem, o prefeito admitiu ter cometido crimes ambientais na região, mas negou que estaria sendo pedida sua prisão. Paulo Ferreira ressaltou que vai pedir judicialmente a retratação das notícias envolvendo o caso, veiculadas nos últimos dias pelo jornal ABC Color, do Paraguai, e Liberal, de Mundo Novo.
 
 
 
 
 
Campo Grande News

Deixe seu Comentário

Leia Também

ACIDENTE
Criança de dois anos se enforca com a alça da bolsa enquanto brincava em escola
CASO JOÃO DE DEUS
Marina Ruy Barbosa intervém no caso João de Deus e impede uma grande tragédia
PRISÃO DECRETADA
Justiça de Goiás decreta prisão de João de Deus
STARTUPS NO BRASIL JÁ É SUCESSO
O sucesso das startups no Brasil e algumas novas apostas no mercado
REVOLTANTE
Filha de João de Deus diz que foi abusada dos 10 aos 14 anos: 'Meu pai é um monstro'
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Robério beija Marcos Paulo e a agride ao descobrir que ela é trans
DESTAQUE MUNDIAL
Dois brasileiros estão no Top 50: melhores professores do mundo
JUSTIÇA - WHATSAPP
Administradora de grupo no WhatsApp, foi “condenada” á pagar 3 mil por discussão de membros
DICAS DE SERVIÇO DE HOSPEDAGEM NA WEB
Vai criar um blog ou um site?, saiba aqui tudo sobre o serviço de hospedagem
ALERTA NA NET
Golpe no WhatsApp engana usuários ao prometer brindes falsos de Natal