Menu
SADER_FULL
segunda, 21 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Prefeito de Dourados recorre contra cassação de mandato

8 Ago 2007 - 09h26
O prefeito Laerte Tetila (PT) recorreu ao TRT (Tribunal Regional do Trabalho) contra a cassação de mandato, alegando a ilegitimidade do MPT (Ministério Público do Trabalho) para abrir a ação, a incompetência da Justiça do Trabalho para julgar o caso e afirmando que não foi provada a improbidade administrativa para justificar a sentença. A informação é da procuradora da prefeitura de Dourados, Jovina Nevoleti Correia.
Tetila teve o mandato cassado por improbidade administrativa por ter contratado funcionários de uma cooperativa de limpeza sem a realização de concurso público, como previa TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) firmado entre a prefeitura e o MPT. Segundo a promotora, no recurso, o prefeito também explica que os contratos foram firmados na gestão do ex-prefeito Braz Mello.
A sentença de cassação foi proferida pelo juiz substituto do Trabalho, Antônio Arraes Branco Avelino. Segundo a procuradora, se não obtiver sucesso no recurso ao TRT, Tetila vai entrar com recursos no TST (Tribunal Superior do Trabalho) e em seguida no STF (Supremo Tribunal Federal).
 
 
 
 
 
Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos