Menu
SADER_FULL
sábado, 19 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Prefeito de Corumbá e André são homenageados pela Marinha

11 Jun 2007 - 15h05
O prefeito de Corumbá, Ruiter Cunha de Oliveira, e o governador André Puccinelli foram homenageados na manhã desta segunda-feira pela Marinha do Brasil, com medalhas da Ordem do Mérito Naval, a mais alta condecoração da Marinha do Brasil. Foi durante as comemorações do 142º aniversário da Batalha Naval de Riachuelo, no 6º Distrito Naval, com sede em Ladário, dirigidas pelo comandante da base naval, contra-almirante José Morais Sinval Reis.
 
As homenagens foram concedidas pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que é grão-mestre da Ordem, acolhendo proposta do Conselho da Ordem do Mérito Naval.  Desde sua criação, pelo decreto 24.659, de 11 de julho de 1934, a Ordem concede a medalha a autoridades civis e militares por seus relevantes serviços prestados ao Brasil.
 
Além do prefeito e do governador, foram agraciados o general-de-exército José Carlos de Nardi, comandante do Comando Militar do Oeste;general-de-divisão Walter Paulo, Comandante da 9ª Região Militar;capitã-de-mar-e-guerra Cláudia Maria Quintanilha Porto Rocha, diretora do Hospital Naval de Ladário; prefeito de Ladário, José Francisco Mendes Sampaio; Diocles de Figueiredo, desembargador do Tribunal de Justiça de Mato Grosso; José Arturo Iunes Bobadilla Garcia, promotor de justiça; José Adélio Zava Bueno, funcionário civil da Marinha, e o sub-oficial Jefferson Pereira Fernandes.
 
A Marinha do Brasil também homenageou o governador de Mato Grosso, Blairo Maggi, que, devido a compromissos pré-agendados, não pôde comparecer à solenidade. A festividade contou com o canto do Hino Nacional; leitura da Ordem do Dia do comandante da Marinha do Brasil, almirante-de-esquadra Júlio Soares de Moura Neto, alusiva à data, considerada Magna da Marinha; leitura da mensagem do presidente Luis Inácio Lula da Silva; içamento dos Sinais de Barroso, salva de tiros em homenagem ao Almirante Barroso, herói da Batalha de Riachuelo; além de desfile da Guarda de Honra.
 
Batalha - A Batalha Naval de Riachuelo aconteceu em 11 de junho de 1865, por ocasião da Guerra da Tríplice Aliança, onde se destacou o Almirante Barroso. O conflito foi travado às margens do rio Riachuelo - um dos afluentes do rio Paraguai -, na província de Corrientes, na Argentina, pelas esquadras do Brasil e Paraguai. A vitória brasileira permitiu a livre navegação na Bacia do Prata, por onde passava todo o apoio logístico às forças terrestres.
 
A cada ano, a Marinha rememora a batalha em todo o território nacional, prestando homenagem ao Almirante Francisco Manoel Barroso da Silva e aos que deram a vida para garantir a soberania do País.
 
 
 
Fátima News

Deixe seu Comentário

Leia Também

ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos
LUTO NA MÚSICA
Cantor sertanejo Marciano morre aos 67 anos, vítima de enfarto
CARNAVAL É NO CAMPO BELO RESORT
Carnaval é no Campo Belo Resort, reserve já seu lugar nesse bloco - Confira os pacotes
MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS
DECEPCIONADA
Regina Duarte surpreende e se posiciona contra atitude de Bolsonaro
SATÂNICO
Mulheres são presas acusadas de torturar criança de apenas dois anos que teve rosto desfigurado
INSPIRAÇÃO
Idoso se forma em Direito aos 94 anos, após morte da esposa
POLEMICA
Movimento Gay quer tirar Bíblia de circulação no Brasil, diz Damares