Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 25 de maio de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Prefeito de Corumbá e André são homenageados pela Marinha

11 Jun 2007 - 15h05
O prefeito de Corumbá, Ruiter Cunha de Oliveira, e o governador André Puccinelli foram homenageados na manhã desta segunda-feira pela Marinha do Brasil, com medalhas da Ordem do Mérito Naval, a mais alta condecoração da Marinha do Brasil. Foi durante as comemorações do 142º aniversário da Batalha Naval de Riachuelo, no 6º Distrito Naval, com sede em Ladário, dirigidas pelo comandante da base naval, contra-almirante José Morais Sinval Reis.
 
As homenagens foram concedidas pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que é grão-mestre da Ordem, acolhendo proposta do Conselho da Ordem do Mérito Naval.  Desde sua criação, pelo decreto 24.659, de 11 de julho de 1934, a Ordem concede a medalha a autoridades civis e militares por seus relevantes serviços prestados ao Brasil.
 
Além do prefeito e do governador, foram agraciados o general-de-exército José Carlos de Nardi, comandante do Comando Militar do Oeste;general-de-divisão Walter Paulo, Comandante da 9ª Região Militar;capitã-de-mar-e-guerra Cláudia Maria Quintanilha Porto Rocha, diretora do Hospital Naval de Ladário; prefeito de Ladário, José Francisco Mendes Sampaio; Diocles de Figueiredo, desembargador do Tribunal de Justiça de Mato Grosso; José Arturo Iunes Bobadilla Garcia, promotor de justiça; José Adélio Zava Bueno, funcionário civil da Marinha, e o sub-oficial Jefferson Pereira Fernandes.
 
A Marinha do Brasil também homenageou o governador de Mato Grosso, Blairo Maggi, que, devido a compromissos pré-agendados, não pôde comparecer à solenidade. A festividade contou com o canto do Hino Nacional; leitura da Ordem do Dia do comandante da Marinha do Brasil, almirante-de-esquadra Júlio Soares de Moura Neto, alusiva à data, considerada Magna da Marinha; leitura da mensagem do presidente Luis Inácio Lula da Silva; içamento dos Sinais de Barroso, salva de tiros em homenagem ao Almirante Barroso, herói da Batalha de Riachuelo; além de desfile da Guarda de Honra.
 
Batalha - A Batalha Naval de Riachuelo aconteceu em 11 de junho de 1865, por ocasião da Guerra da Tríplice Aliança, onde se destacou o Almirante Barroso. O conflito foi travado às margens do rio Riachuelo - um dos afluentes do rio Paraguai -, na província de Corrientes, na Argentina, pelas esquadras do Brasil e Paraguai. A vitória brasileira permitiu a livre navegação na Bacia do Prata, por onde passava todo o apoio logístico às forças terrestres.
 
A cada ano, a Marinha rememora a batalha em todo o território nacional, prestando homenagem ao Almirante Francisco Manoel Barroso da Silva e aos que deram a vida para garantir a soberania do País.
 
 
 
Fátima News

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Governo dobra vagas de concurso da PF e convocações saem no fim do ano
FEMINICIDIO
Mulher é morta com 75 facadas pelo ex-marido após 25 anos de casamento
NEGLIGÊNCIA FUNCIONAL
'Peguei meu filho e achei que estivesse morto', diz mãe de criança dopada em creche
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
Confira o que tá na promoção que vai até este sábado no O Boticário em Fátima do Sul
BONITO - MS - DICA AGÊNCIA ECO TOUR
Visite Bonito (MS) na baixa temporada, saiba o porquê!
FÁTIMA DO SUL - TRATAMENTO COACH
De Nova Andradina, Vanessa recupera autoestima com tratamento 'Coach' Célia Tenório de Fátima do Sul
CASA BOCA SUJA
morador instala placas com palavrões nos muros de casa
MACABRO
Mulher é encontrada morta ao lado de uma oferenda
AMOR AO PRÓXIMO
Acidentada e abandonada, idosa é adotada por mulher de 30 anos
TRISTEZA
Morre menina que teve o corpo queimado em tentativa de furto em oleoduto, em Duque de Caxias