Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 20 de junho de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Prefeito de Bandeirantes e vereador brigam e trocam ameaças

26 Jun 2007 - 13h00

O prefeito de Bandeirantes, Obadias de Lana (PDT), e o vereador Paulinho Kowalski (PSB) brigaram na noite de ontem, por volta das 22 horas, em um posto de combustíveis localizado na Rua Luiz Flores Pinheiro, em Bandeirantes. Os dois registraram boletim de ocorrência e informaram à Polícia Civil que sofreram ameaças.

O vereador relatou no boletim de ocorrência que estava no posto conversando com uma pessoa identificada como Michael quando o prefeito parou o carro e começou a lhe ameaçar. Kowalski afirmou que o prefeito tirou o cinto que estava usando e partiu para cima dele.

Segundo o vereador, Obadias disse que Kowalski já tinha passado da hora de morrer. Para se defender, o vereador pegou a chave de roda do carro. Nisso, segundo o boletim de ocorrência, o prefeito saiu com o carro alegando que iria buscar sua arma em casa.

Já o prefeito afirmou que foi ameaçado por Kowalski que estava com uma arma de fogo. Ele relatou que, durante sessão na Câmara de Vereadores da cidade, o acusado o chamou de “cobra criada” e afirmou que “cobra tem que matar”.

Durante a sessão, o parlamentar teria denunciado ainda que o retorno do prefeito à administração municipal teria sido feito por um “acerto entre quatro paredes”. Obadias de Lana citou que todas as denúncias feitas pelo vereador foram gravadas.

Kowalski falou ainda, segundo boletim de ocorrência, que o prefeito vendeu um terreno para ser doado a um empresário, caso em que Obadias estaria usando de picaretagem. Ele citou ainda que o prefeito e o secretário de Obras, Sérgio Pinheiro dos Santos, tem o “rabo preso um com o outro”.

 

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

ATAQUE CANINO
Criança de dois anos é morta no quintal de casa por cachorro rottweiler
INFANTICIDIO
Padrasto teria sentado em cima da cabeça de bebê que morreu,foi espancado na cadeia
SOB INVESTIGAÇÃO
Jornalista do site Lei Seca Maricá foi assassinado com 3 tiros
VIDA SEDENTARIA
OMS alerta: Criança menor de 3 anos não deve ficar nem um minuto em tablet ou celular
HOMICIDIO X SUICIDIO
Pai que matou o filho de 4 anos e se matou não se conformava com namoro da ex-mulher
DOENÇA DO SÉCULO
Jovem de 19 anos, com depressão comete suicídio e comove amigos
ASSASSINATO CRUEL
O massacre do menino Rhuan e o silêncio da grande mídia
FAMOSIDADES
Homem discute com mulher e mata bebê de quatro meses
SOLIDARIEDADE
Bebê nasce sem os olhos e mobiliza cidade do Paraná
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Pai mata filho de quatro anos e se mata por não aceitar fim do relacionamento