Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 23 de outubro de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Prefeito de Aparecida proíbe venda de bebidas alcóolicas

10 Mai 2007 - 05h40
O prefeito de Aparecida, José Luiz Rodrigues (DEM, ex-PFL), proibiu a venda de bebidas alcoólicas na cidade na sexta-feira, dia em que o papa Bento 16 chega ao município. De acordo com o prefeito, o objetivo principal da medida é garantir um dia de "reflexão" e "respeito" em homenagem ao sumo pontífice.

"Aquele será o dia mais importante para Aparecida. Não é sempre que se recebe um papa. Por isso, queremos que seja um dia de respeito, de reflexão. Além disso, vai ser bom para a segurança da cidade também."

Segundo Rodrigues, a proibição terá validade apenas entre a meia-noite de sexta-feira e a meia-noite de sábado. Ele informou que o decreto que instituiu a proibição não prevê punição para aqueles que a desrespeitarem.

"Isso [penalidades] tem que ver com a polícia", disse. O prefeito, conhecido como Zé Louquinho, já impôs outras medidas polêmicas: em 2005, baixou decreto que obrigava os padres a vestirem batina ao andarem pelas ruas da cidade. Antes, havia tentado proibir o uso de minissaia durante a Quaresma.
 
 
 
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

CIENCIA
A estranha imagem 'que se move' e intriga a internet
DOURADOS - UNIPAR EAD
UNIPAR EAD com cursos de Educação Física, Letras, Marketing e mais 22 cursos, Confira todos aqui
ASSALTO A ONIBUS
Bandidos fortemente armados roubam três ônibus de turismo na BR-116
ACIDENTE FATAL
Mulher morre após colidir e capotar carro; veja vídeo
EMBRIAGADO
Condutor bêbado atropela duas crianças na calçada; menina de 7 anos morreu
NOVELA GLOBAL
'Minha mãe me usou, me prostituiu', lamenta Karola em 'Segundo sol'
SERÁ?
Bolsonora se assume candidato a ditador e oferece aos opositores a cadeia ou o exílio
DISPUTA ACIRRADA
Vox Populi: Distância cai para 6 pontos
AGRESSÃO
Justiça manda penhorar bens de Dado Dolabella para pagar indenização a camareira agredida
HOMICÍDIO - 17 TIROS
Empresário é morto com 17 tiros; acusados estão detidos