Menu
SADER_FULL
segunda, 24 de junho de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Preços dos fertilizantes têm aumento de até 40%

21 Jul 2007 - 09h40

Os fertilizantes para a safra 2007/08 estão até 40% mais caros em relação ao último ano agrícola, segundo pesquisa feita pela reportagem nas principais lojas do ramo em Campo Grande. A majoração do preço, conforme as empresas especializadas, foi provocada pela elevação no valor da matéria-prima no mercado internacional, o que afetou o mercado interno já que a maior parte da produção é importada.

Entre os fertilizantes, o maior aumento se deu no preço dos fosfatados, cujo valor aumentou em torno de 40%, saltando de US$ 80,00 para US$ 100,00 por tonelada. A demanda internacional de fertilizantes aumentou em função da expansão na área agrícola em países como os Estados Unidos. Isso provocou o crescimento na procura por adubos, o que alavancou os preços no mercado externo, já que as fábricas acabam repassando o aumento para a ponta da cadeia produtiva, ou seja, para o agricultor.

Conab

Segundo o levantamento mais recente feito pela Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), em maio deste ano os fertilizantes apresentaram aumento de 26,36% em relação ao mesmo mês do ano passado.

A alta mais acentuada foi verificada no preço do Supersimples, cuja tonelada saltou de R$ 440,00 em maio do ano passado para R$ 684 este ano – aumento de 55%. O Sulfato de Amônia apresentou elevação de 52%, com os valores saltando de R$ 460 para R$ 701 no período. Conforme a pesquisa da Conab, o único produto que teve queda no preço foi o Sulfato de Zinco. Em maio do ano passado a tonelada do produto estava cotada a R$ 2,890 mil e no mesmo mês deste ano passou para R$ 2,720, uma deflação de 5,88%.

Glifosato

Diferente dos fertilizantes, os agrotóxicos mantiveram os preços praticamente estáveis em relação à última safra. O único produto que apresentou aumento foi o glifosato, defensivo usado no controle de ervas daninhas nas lavouras de soja transgênica.

O produto teve majoração de 35% em relação à safra passada, sendo que a alta no valor do produto ocorreu em função do aumento na demanda gerada pela expansão nas áreas de soja transgênica. Além disso, o glifosato é produzido por uma única indústria, o que facilita o controle sobre os preços do produto no mercado, enquanto os demais produtos se mantiveram estáveis.

Sementes

O valor das sementes de soja convencional teve alta de em média 10% para a safra 2007/08 devido ao fato de os produtores, prevendo uma demanda muito grande por sementes de soja transgênica, não prepararam muita semente convencional. Contudo, as variedades transgênicas não apresentaram a mesma estabilidade que a das convencionais e o consumo não aumentou tanto como o esperado.

Ainda de acordo com o levantamento da Conab, os preços das sementes subiram, em média, 5,54% entre novembro e maio deste ano se comparados com o período de maio a novembro de 2006. Os reajustes maiores foram no Maranhão (18,76%), Rio Grande do Sul (14,88%) e Minas Gerais (13,63%).

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

INFANTICIDIO
Mãe de garotinha morta em Arapongas apanha na cadeia e confirma abusos e agressões – OUÇA ÁUDIO
MORTE ABSURDA
Mulher é morta a tiros após briga por levar bolo e não salgado a festa
AFOGAMENTO
Criança de 8 anos morre afogada ao cair em represa de pesqueiro
CAMPEÃ DO MUNDO FUTSAL
Não deu na Copa, mas deu no Futsal: Campeãs mundiais
RESPIRA POR APARELHOS
Hospital divulga boletim sobre estado de filho de Huck e Angélica
FAMOSIDADES
Filho de Angélica e Luciano Huck sofre acidente com wakeboard em Ilha Grande
DUPLO ASSASSINATO
Criança vê execução de pai e mãe em menos de 6 meses
COPA AMÉRICA
Brasil joga bonito, goleia Peru e se classifica em primeiro, veja os gols
SELFIE MORTAL
Jovem morre ao tentar tirar selfie na estação de trem do Riachuelo
CIGARRO ELETRÔNICO
Narguilé explode e jovem tem 60% do corpo queimado em festa