Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 19 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Preço do barril de petróleo do pré-sal continua indefinido

26 Ago 2010 - 09h20Por Agência Brasil

Autoridades do setor energético se reuniram hoje (25) durante todo o dia no Palácio do Planalto para definir o preço do barril do petróleo que será utilizado para a capitalização da Petrobras.

O governo, no entanto, não divulgou o resultado do encontro, que contou com as presenças dos ministros de Minas e Energia, Márcio Zimmermann, da Casa Civil, Erencie Guerra e da Fazenda, Guido Mantega, além do presidente da Petrobras, Sérgio Gabrielli e do presidente da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Haroldo Lima.

Durante a manhã, a ANP apresentou o laudo da certificadora Gaffney, Cline & Associate sobre o preço do barril de petróleo. Na parte da tarde, foi a vez da Petrobras apresentar os números da DeGolyer and MacNaughton, contratada pela estatal para avaliar o preço do barril.

Ainda não foram divulgados os resultados dessas consultorias. Recentemente, o ministro de Minas e Energia, Márcio Zimmermann, disse que o preço do barril de petróleo que vem sendo praticado em outros países que exploram o óleo em águas profundas está entre US$ 5 e US$ 10.

O preço do barril do petróleo será a base da capitalização da Petrobras, prevista para ocorrer no dia 30 de setembro. O valor final foi calculado levando em conta as avaliações independentes contratadas pela Petrobras e pela ANP.

O valor da capitalização dependerá da cessão onerosa, que vai permitir que a Petrobras capte recursos para explorar o pré-sal. O governo poderá ceder à estatal até 5 bilhões de barris de petróleo em áreas ainda não concedidas. Os detalhes da cessão onerosa ainda devem ser formalizados em reunião do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE).

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSIDADES
Padre sertanejo acusado de ostentação cobra entrada de idosos para assistir programa
ACIDENTE FATAL
Adolescente é atropelada quando levava pai em cadeira de rodas, veja o vídeo
VIOLENCIA DOMESTICA
'Não consigo reconhecê-la', diz irmão de mulher espancada no 1° encontro
O REI ROBERTO CARLOS
Roberto Carlos vestiu rosa e se mostrou contrário a projeto de Jair Bolsonaro
BRIGA NO PLANALTO
Magoado e traído, Bebianno não vai poupar filho de Bolsonaro
TRÁGICO
Mãe do piloto de Ricardo Boechat morre três dias após o filho
OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica