Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 23 de fevereiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CONTAINER
Brasil

Preço do bacalhau tem variação de até 126% na Capital

31 Mar 2007 - 04h39
 

O preço do peixe e do bacalhau tem uma variação de até 126% em Campo Grande, segundo a última pesquisa do Procon, divulgada nesta quinta-feira. A pesquisa foi realizada entre segunda e quarta-feira (26 a 28), em 10 estabelecimentos que comercializam peixe e bacalhau, como supermercados, hipermercados e peixarias. Foram pesquisados os preços de 27 itens, sendo 19 de peixes de água doce, 4 de peixe de água salgada e 4 de bacalhau.

Em relação a pesquisa anterior do Procon, divulgada no dia 16 de março, houve um sensível aumento generalizado dos preços apesar da variação ter sido menor. Esse fato, segundo o órgão de defesa do consumidor, se deve provavelmente a proximidade da Paixão de Cristo e Páscoa, que serão comemorados nos dias 6 e 8 de abril, respectivamente, período em que aumenta a procura por esses produtos.

O preço do filé de merluza, por exemplo, que na pesquisa anterior tinha variado 223,2%, oscilando entre R$ 4,95 e R$ 16, no levantamento divulgado ontem tem uma variação seis vezes menor, de 36,78%, mas o menor preço encontrado foi de R$ 8,70 e o maior de R$ 11,90.

Maior variação

Na nova pesquisa de preços do Procon os itens relacionados aos peixes de água doce apresentaram a maior oscilação. O filé de pintado de rio foi o que teve a maior variação, 128,6%, sendo comercializado de R$ 15,7 até R$ 35,9 o quilo. Em segundo lugar vem o quilo do pintado de cativeiro com vísceras, que teve uma diferença entre o menor e o maior preço de 104,3%, sendo no local mais barato encontrado a R$ 8,90 e no mais caro a R$ 18,19.

Em relação aos peixes de água salgada, a maior oscilação foi da sardinha limpa, com 69,7%, variando de R$ 4,39 a R$ 7,45 o quilo do produto. Já sobre o bacalhau, o que teve maior diferença de preço foi o tipo ‘ling’, com 50%, sendo comercializado de R$ 29,99 até R$ 37,95 o quilo.

Mais baratos

Na pesquisa dos Procon os itens mais baratos foram a curimba eviscerada, entre os peixes de água doce, que variou R$ 4,49 a R$ 8,59 o quilo; a sardinha laje, entre os peixes de água salgada, que não teve oscilação de preço, em todos os estabelecimentos foi encontrada a R$ 3,35 o quilo; e o bacalhau tipo ‘saithe’, que está sendo comercializado com preços que variam de R$ 16,90 a R$ 21,90 o quilo.

 

 

RMT Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

PEDOFILIA
Babá de 15 anos recebia dinheiro para ter relações com patrão
PREOCUPANTE
Mineradora declara situação de emergência em barragem de Araxá
INTOLERANCIA RELIGIOSA
Delegado solicita ida à casa do 'BBB 19' para interrogar Paula, investigada por intolerância
RESUMO DAS NOVELAS
Mercedes convoca Murilo para uma conversa
CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico