Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 21 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Preço do açúcar cai 6% com avanço da colheita de cana

17 Set 2004 - 08h21
Os preços do açúcar caíram quase 6% na última semana com o avanço da colheita da cana e a necessidade das indústrias de abrir espaço em seus armazéns para a chegada da nova safra. Ontem, a saca de 50 quilos do açúcar cristal era negociada entre R$ 27,50 e R$ 28,50. "As usinas estão produzindo muito açúcar e, como falta espaço para armazenagem, elas estão desovando a mercadoria", diz Gil Barabach, analista da Safras & Mercado.

O clima seco vem favorecendo o avanço da colheita da safra no Centro-Sul, informa a União da Agroindústria Canavieira de São Paulo (Unica). De acordo com levantamento feito em 1 de setembro, no mês de agosto a moagem cresceu 12,8% e atingiu 53,8 milhões de toneladas na comparação com igual período do ano passado.

De maio a setembro deste ano, foram processadas 185,6 milhões de toneladas da safra 2004/05, o que representou queda de 4,7% em relação à safra anterior. O volume foi menor em razão das chuvas que atrasaram a colheita no primeiro semestre deste ano. Com o clima seco de setembro, a Unica prevê que o atraso inicial será compensado. De acordo com a entidade, a qualidade da matéria-prima vem melhorando.

Cotações em alta

Para a safra 2004/05, a expectativa é de preços mais elevados para o açúcar, acredita Barabach, da Safras. O baixo teor de açúcar da safra de beterraba na Europa e sobretudo a quebra da safra da Índia abriram uma oportunidade de mercado para o Brasil. "A supersafra brasileira, que era vista como um problema, agora virou a solução para abastecer muitos mercados", diz o analista da Safras.

A colheita deve totalizar 390 milhões de toneladas em 2004/05. No Centro-Sul, é estimada em 330 milhões de toneladas, volume 10,2% maior que o da safra anterior.

A produção de açúcar do Centro-Sul deverá crescer 11,6% e alcançar 22,8 milhões de toneladas. Somado a produção do Nordeste, o Brasil deverá produzir 27,3 milhões de toneladas e exportar 16 milhões de toneladas de açúcar, o equivalente a US$ 2,5 bilhões.
 
 
Gazeta Mercantil

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos