Menu
LIMIT ACADEMIA
quinta, 25 de abril de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Preço das passagens aéreas sobe 8,25% em julho

31 Jul 2007 - 08h40

As passagens aéreas ficaram 8,25% mais caras em julho, após terem subido 7,32% em junho, segundo dados do IGP-M (Índice Geral de Preços - Mercado) divulgados ontem pela FGV (Fundação Getúlio Vargas), que mede a inflação no mercado.

Trata-se da segunda alta seguida dos preços das passagens no ano, que se enquadram dentro do item Educação Leitura e Recreação. Em julho, o IGP-M (formado por sete categorias de consumo, como Alimentação e Vestuário) fechou com inflação de 0,28%, pouco acima do anotado em junho (0,26%).

Sozinho, o item Educação Leitura e Recreação teve alta de 0,59%, após registrar elevação de 0,13% no mês anterior. O subgrupo passagens aéreas, de acordo com a FGV, teve o maior peso na aceleração dos preços.

Apesar de a alta ser considerada forte, o economista Artur Sobrinho Sanches, analista da FGV, afirma que em nada está ligada à crise aérea pela qual passa o país. "No acumulado do ano, as passagens aéreas têm deflação [queda de preços] de 18,39% e nos nos últimos 12 meses, a baixa de 20,88%", explica Sanches.

"É um reajuste natural do mercado. As quedas até aqui estavam muito acentuadas", diz o economista. Segundo ele, em julho de 2006 as passagens subiram 0,73%, mas em compensação, no acumulado de 12 meses (até julho daquele ano), os preços tinham alta de 0,10%. "No ano passado os preços estavam muito altos até julho e então começaram a cair. Agora estão muito baixos e começam a subir."

O economista afirma que só será possível saber se as altas continuarão quando forem fechados os dados dos próximos meses.

"É preciso esperar o IGP-M de agosto. Agora, pelos dados que temos, não podemos afirmar que a alta esteja ligada à crise aérea. É apenas um reajuste. Mas se a oferta cair, claro que a demanda mais forte influencia", diz.

 

 

Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

TOCAIA
Mulher é chamada pelo nome e ao atender leva vários tiros
100 EDUCAÇÃO
Revoltada, mãe denuncia que criança voltou da creche com cocô amarrado em mochila
MEGA SENA
Mega-Sena segue acumulada e prêmio chega a R$ 105 MILHÕES
100 MUDAR HORÁRIO
Bolsonaro assina decreto que encerra com o horário de verão
FAMOSIDADES
Xuxa mostra vídeo de seu cabelo sendo raspado pela filha, Sasha
SEGUNDA EMBOSCADA
Empresário de Distribuidora de Bebidas é atingido por 24 tiros e sobrevive
DUPLO ASSASSINATO
Em trama diabólica Homem matou casal de irmãos para receber seguro de vida da ex-mulher
ACUMULOU
Ninguém acerta as seis dezenas da Mega-Sena e prêmio vai a R$ 105 milhões
FAMOSIDADES
Fim do mistério!Namorado de Maria Melilo é empresário,75 anos e patrimônio de R$ 200 milhões
CRUELDADE
Após assalto, idosa de 81 anos espancada por bandidos, morre